s
Iscas Intelectuais
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil 735 – Morrer de quê?
Café Brasil 735 – Morrer de quê?
Fala a verdade, quem é que não se pegou pensando sobre ...

Ver mais

Café Brasil 734 – Globalização e Globalismo
Café Brasil 734 – Globalização e Globalismo
Olha, vira e mexe a gente ouve falar em globalização e ...

Ver mais

Café Brasil 733 – Agro Resenha
Café Brasil 733 – Agro Resenha
O agronegócio, que talvez seja o mais espetacular caso ...

Ver mais

Café Brasil 732 – Os quatro Princípios da Objetividade
Café Brasil 732 – Os quatro Princípios da Objetividade
Que tempo de medos, não? Mas será um medo ...

Ver mais

Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Comunicado Café Brasil e Omnystudio
Nos 14 anos em que produzimos podcasts, esta talvez ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

O boom no turismo regional no mundo pós-pandemia do coronavírus
Michel Torres
Estratégias para diferenciação e melhor aproveitamento da imensa demanda por hotéis e pousadas Um detalhe sobre a pandemia do coronavírus em curso é que as áreas com focos concentrados são ...

Ver mais

Boicote, Coelhinho?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O britânico Charles Cunningham entrou pra História de um jeito muito diferente. Em 1880, foi à Irlanda dirigir os negócios de um grande proprietário de terras local. Acabou entrando em desavenças ...

Ver mais

Aquém do potencial
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Aquém do potencial  “A economia está sujeita a conveniências políticas que a levaram por maus caminhos. Por isso enfatizo tanto a gravidade da situação, na esperança de levar seus responsáveis ao ...

Ver mais

Forjado na derrota
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Forjado na derrota “A um escritor, assim como a um armador, não era permitido sentir medo.” Pat Conroy Conversando por telefone com minha irmã, depois de meses sem nos vermos por ...

Ver mais

Cafezinho 317 – Declaração de Princípios
Cafezinho 317 – Declaração de Princípios
Quando decidi que lançaria meu primeiro curso on-line, ...

Ver mais

Cafezinho 316 – Não somos estúpidos
Cafezinho 316 – Não somos estúpidos
Não, não é para mergulhar no otimismo cego, que é tão ...

Ver mais

Cafezinho 315 – Como nasce uma palestra
Cafezinho 315 – Como nasce uma palestra
É exatamente como um pintor, um escultor, um músico ...

Ver mais

Cafezinho 314 – Punguistas intelectuais
Cafezinho 314 – Punguistas intelectuais
Ser capaz de detectar as merdades deveria ser a ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – CONCLUSÃO – LINGUAGEM (parte 12)

TRIVIUM: CAPITULO 2 – CONCLUSÃO – LINGUAGEM (parte 12)

Alexandre Gomes -

Chegamos ao final deste segundo capítulo do TRIVIUM! O que tentei apresentar para você foram as minhas impressões do material original. Tem muito mais no livro, que não consegui trazer para estas curtas lições. A Ir. Miriam joseph conclui de maneira brilhante o capítulo, e vou resumir e parafrasear (aí está algo que merece seu estudo) o que ela escreveu.

 

Até aqui você foi apresentado a conceitos que te ajudam a ver melhor o escopo e o alcance comparativo das TRÊS ARTES DO TRIVIUM: Lógica, Gramática e Retórica.

Você pode distinguir as faculdades da mente: cognição, apetição e emoção. A primeira inclui a cognição inferior (ou sensória), que produz PERCEPTOS; e a cognição superior (ou racional), que produz CONCEITOS. A segunda (apetição) é a que inclui os apetites inferiores (ou sensíveis), que instiga você a buscar comida, vestuário e abrigo; o apetite superior (ou racional) trata de estimular a busca pelo Bem; e a unidade da Verdade e da Beleza como aspectos desse mesmo Bem.

 

A Lógica trata somente com operações do intelecto com cognição racional, não com volição nem com as emoções.

 

A Gramática dá voz a TODOS OS ESTADOS DA MENTE ou da alma (cognitivo, volitivo e emocional) em frases que são afirmações, perguntas, desejos, preces, ordens e exclamações. Perceba que a Gramática é mais ampla que a Lógica, pois tudo comunica (emoção) a outras mentes. Como também faz a…

 

Retórica, que coteja símbolos gramaticais de mesmo sentido, para aí  escolher o mais adequado para comunicar a ideia em um dado momento. Por exemplo: há um momento onde é melhor usar a palavra “corcel”, e em outro momento “cavalo”.

A Gramática lida só com a FRASE, com um PENSAMENTO. Lógica e Retórica lidam com o discurso estendido, com as combinações e relações de pensamentos.

A Lógica se dirige apenas ao intelecto; a Retórica, incluindo a poesia, dirige-se não só ao intelecto, mas também à imaginação e às afeições; a fim de comunicar o agradável, o cômico, o patético e o sublime.

 

A Lógica funciona bem sem a Retórica , ou a poesia, mas estas são RASAS sem a Lógica. Para todas, a Gramática é requisito.

 

é claro que o uso correto da Lógica, da Gramática e da Retórica (frequentemente com base comente em conhecimento implícito) é de importância máxima. Os hábitos diários de pensamento e expressão em casa e na escola e/ou no trabalho medem nosso domínio prático da língua. Mesmo assim, o conhecimento formal de Gramática, Retórica e Lógica (conhecimento explícito) é também valioso, pois nos permite saber por que certos raciocínios e expressões estão corretos ou são eficazes, enquanto outros não o são.

 

Dito isto, segue uma síntese das ideias-chave deste longo Segundo Capítulo do TRIVIUM. Minha dica é: releia e estude os resumos passados junto com o livro (se ainda não comprou, compre querida leitora, gentil leitor).

 

O ENTE: é o ser do todo individual ou é a essência que é comum aos indivíduos de uma espécie ou gênero.

 

O FANTASMA: é uma IMAGEM MENTAL de um OBJETO fora da mente, a partir da qual, o intelecto abstrai o CONCEITO na mente.

 

UM SÍMBOLO é um signo sensível arbitrário que tem um significado imposto a ele por convenção (um CONCEITO NÃO é arbitrário, só para que você não se confunda, certo?).

 

A LINGUAGEM tem uma dimensão lógica e uma dimensão psicológica.

 

MATÉRIA e FORMA constituem um todo composto.

 

E na próxima lição, o Terceiro Capítulo do Trivium! Gramática Geral. E logo no início, aviso que vai haver palavrões!

Ver Todos os artigos de Alexandre Gomes