s
Iscas Intelectuais
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 792 – Solte o belo!
Café Brasil 792 – Solte o belo!
A beleza existe? Ou é só coisa da nossa cabeça? E se ...

Ver mais

Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Café Brasil 791 – Tempo Perdido
Você certamente já ouviu falar do Complexo de ...

Ver mais

Café Brasil 790 – Don´t be evil
Café Brasil 790 – Don´t be evil
Existe uma preocupação crescente sobre o nível de ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Pax Aeterna
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Maquiavel é, com alguma freqüência, considerado o primeiro cientista político moderno: nas suas análises, ele teria sido um dos primeiros a rejeitar tanto uma concepção metafísica da natureza ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Regras de Definição (parte 5)
Alexandre Gomes
  Para cumprir a função de DEFINIÇÃO, esta deve atender alguns requisitos. Do contrário, será apenas enrolação ou retórica vazia. Os requisitos são: 1. CONVERSÍVEL em relação ao sujeito, à ...

Ver mais

O Brasil e o Dia do Professor
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O Brasil e o Dia do Professor Aulinha de dois mil réis Apesar das frequentes notícias que vêm a público, dando conta do elevado grau de corrupção existente em nosso país, e da terrível ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Definição dos Termos (parte 4)
Alexandre Gomes
  Uma definição torna explícita a INTENSÃO* ou significado de um termo, a essência que este termo representa.   *  você deve ter estranhado a palavra INTENSÃO, imaginando que seria ...

Ver mais

Cafezinho 432 – O vencedor
Cafezinho 432 – O vencedor
As pessoas não se importam com o que você diz, desde ...

Ver mais

Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Cafezinho 431 – Sobre Egosidade
Descobri o que acontece com aquela gente enfática, que ...

Ver mais

Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Cafezinho 430 – A desigualdade nossa de cada dia
Gritaria ideológica em rede social, sustentada em ...

Ver mais

Cafezinho 429 – Minha tribo
Cafezinho 429 – Minha tribo
E no limite, a violência, o xingar, o ofender, o ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Categoremática (parte 2)

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Categoremática (parte 2)

Alexandre Gomes -

Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das CATEGOREMÁTICAS, que são as…

 

  • PALAVRAS SUBSTANTIVAS (substantivos e pronomes)

Um substantivo pode simbolizar tanto uma substância concreta quanto uma abstração.

 

  1. a substância concreta é um objeto que existe em si mesmo, seja natural (pedra, cavalo, árvore) ou artificial (cadeira, vidro, relógio);
  2. uma abstração é um ACIDENTE concebido pela mente como se existisse por si mesma e à parte da substância CONCRETA, mas, mesmo assim vinculada à substância concreta. Veja uns exemplos: suavidade, quantidade, forma ou prudência… estas palavras existem REALMENTE COMO PARTE DA SUBSTÂNCIA.

 

Ou seja, uma abstração é também substância considerada em sua ESSÊNCIA.

 

Substantivos abstratos simbolizam ideias em cada uma das Dez Categorias do SER. Perceba que 7 das 9 categorias de acidentes são exemplos de substantivos abstratos.

  1. Quantidade;
  2. Qualidade;
  3. Relação;
  4. Ação;
  5. Paixão;
  6. Postura;
  7. Hábito (condição).

 

Sobre esses substantivos abstratos, há uma reflexão que precisa ser feita:

 

Você notou que é por causa da capacidade humana de ABSTRAIR e ESTUDAR um aspecto selecionado da Realidade que aconteceu (e foi a medido do) o progresso intelectual TOTALMENTE INEXISTENTE entre os animais irracionais, apesar de seus incríveis instintos. Instintos que frequentemente são superiores aos instintos do homem. 

Outro dado da realidade: à medida que a civilização humana avança, cresce a proporção de substantivos abstratos na linguagem.

 

De volta ao tema.

De acordo com a sua classificação lógica, um substantivo (palavra que designa substância), simboliza tanto um INDIVÍDUO como uma ESPÉCIE ou um GÊNERO. Notou que estes símbolos são um crescendo? Do menor (indivíduo) ao maior, mais geral (gênero)? Veja os exemplos no esquema abaixo:

 

INDIVÍDUO

ESPÉCIE GÊNERO

D. Pedro II

humana

animal

Excalibur

espada

arma

Atlântico oceano

corpo d’água

 

Quer exercitar esse conceito? acrescente mais três linhas na tabela acima e liste nove substantivos e perceba duas coisas: 1. à medida que você sobe na escala (indo da esquerda pra direita), mais substantivos individuais cabem naquele substantivo mais amplo (de espécie ou de gênero); 2. junto com o aumento de substantivos individuais que cabem nos substantivos de espécie, aumenta também o esforço imaginativo da sua MENTE.

E este é justamente um dos caminhos para expandir sua alma! Através da LINGUAGEM!

 

Na próxima quinzena, o assunto vai começar a ficar mais sério. E em trinta dias teremos um texto mais longo sobre o verbo. Então aproveite o texto rápido de hoje. Pratique o exercício acima e se prepare! Pois as coisas vão começar a ficar mais sérias!

 

Ver Todos os artigos de Alexandre Gomes