Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Olha, os dias andam um saco! Todo mundo nervoso, ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

5 ações de marketing para ajudar a superar a crise do coronavírus
Michel Torres
Negócios em todo o mundo estão sentindo os efeitos da pandemia: menos clientes, menor receita e o medo de não ter condições de aguentar esse tempo de prejuízo. Precisamos salvaguardar a saúde e o ...

Ver mais

Brasis
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Brasis  “Quanto tempo um homem deve virar a cabeça, fingindo não ver o que está vendo?” Bob Dylan Minha primeira lembrança pra valer do que vou focalizar neste artigo é de quando li Os dos ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Qual janela você escolheu para ver o mundo?

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Palavras Atributivas: verbos, advérbios e adjetivos (parte 5)

Trivium: Capítulo 3 – Palavras Atributivas: verbos, advérbios e adjetivos (parte 5)

Alexandre Gomes -

Continuando a tratar de VERBOS, irei expor agora sobre as classes de verbos:

 

  1. TRANSITIVOS: aqueles que expressam uma ação que começa no sujeito (agente) e “vai até” (trans + ire) o objeto (receptor). Um VERBO TRANSITIVO sempre requer um complemento, isto é, uma palavra que complete o sentido do predicado. Ex.: 

Fernanda cortou o bolo. (aqui ficou mais evidente, não?)

 

  1. INTRANSITIVOS: aqueles que expressam a ação que começa e termina no agente, o sujeito da frase. Consequentemente, o sujeito deve ser tanto agente quanto paciente. Um bom exemplo é: “o pássaro VOA”.

 

DUAS classes de VERBOS INTRASITIVOS:

 

  1. Os que expressam a ação completa por si mesma, por exemplo: brotar, murchar;

e,

  1. Os que requerem um complemento, uma palavra para completar o sentido do predicado, por exemplo: tornar (uma lagarta torna-se uma borboleta)

Ou seja, um verbo intransitivo que requer um complemento (item 2 acima) é o que se pode chamar de verbo copulativo.
Antes de falar dessa estrovenga que é a cópula, faço um reforço sobre VERBOS INTRANSITIVOS.

 

Um verbo intransitivo NUNCA requer um objeto direto (OD), pois o OD recebe a ação do verbo e um verbo intransitivo NÃO TRANSMITE a ação a um complemento, transmite diretamente para o paciente (a coisa atingida pela ação do verbo).

 

Pois bem, vou tentar ser breve ao explicar a CÓPULA, que é algo simples, mas de difícil explicação. O termo significa “união, junção” (se você pensou naquilo gentil leitora… bem, é isso mesmo!). No caso aqui, estamos falando da junção de um ATRIBUTIVO, ou um substantivo, ao SUJEITO.

A pura cópula “é”  NÃO É UM VERBO, porque não expressa um atributo juntamente com a noção de tempo. Por exemplo: “a maçã é vermelha”. O atributivo (adjetivo) “vermelha” está ligado à maçã, não é uma ação, ou movimento.

 

FORMAS VERBAIS NOMINAIS

 

Existem três classes de FORMAS VERBAIS NOMINAIS:

 

  1. O Inifinitivo: o verbo está “agindo” por toda a extensão do tempo. Ex.: nadar, domir, plantar;
  2. O Particípio: o verbo expressa o resultado da ação do verbo. É como se fosse um ADJETIVO, pois MODIFICA um substantivo. Ex.: flores colhidas no campo;
  3. O Gerúndio: aqui o verbo pode desempenhar todas as funções de um substantivo, mesmo sendo um verbo ainda. É onde entra aquele idioma peculiar do telemarketing: “não se preocupe Sra., nós estaremos providenciando o atendimento de sua solicitação…”.

 

Perceba o seguinte: igual ao verbo, a forma nominal tem as seguintes características:

  1. expressa um atributo junco com a noção de TEMPO (mudança);
  2. indica o tempo verbal (passado, presente e futuro);

 

Ao mesmo tempo que se diferencia com outras características – porque se não houvesse diferença, era verbo, oras!!

 

  1. não afirma;
  2. não expressa modo*

 

* Só lembrando, os MODOS são: INDICATIVO, POTENCIAL, INTERROGATIVO e VOLITIVO.

 

ADJETIVOS

 

Este é um atributivo que expressa o… atributo (qualidade) de um substantivo. Mas, diferente de um verbo ou forma verbal nominal, que expressam tanto o atributo, como também a noção de TEMPO, portanto, mu-dan-ça! Ou seja, o ADJETIVO expressa simplesmente UM ATRIBUTO de um substantivo..

 

ADVÉRBIOS

 

São atributivos SECUNDÁRIOS. Ou seja, funcionam como atributos de atributos. Meio vago e abstrato, certo? vamos a um exemplo, então:

 

“O homem anda RAPIDAMENTE.”

Decompondo a frase rapidamente, temos:

homem – substantivo;

anda – atributivo (verbo);

rapidamente – atributivo (advérbio)

 

Agora, analisando com mais calma, temos o seguinte: andar é uma ação existente em HOMEM, logo “andar” é um atributo da substância (homem). E veja, rapidez é uma qualidade existente em “andar” (pode-se andar rápido, devagar, correndo, etc.). Portanto, “rapidamente” expressa um ATRIBUTO de um ATRIBUTO de uma SUBSTÂNCIA!

 

Resumindo os pontos apresentados neste capítulo até agora, temos:

 

Designadores de substância: substantivos e pronomes;

 

Atributivos: verbos, formas verbais nominais e adjetivos;

Atributivos secundários: advérbios

 

E explicando a referência da imagem, acima: vemos um distinto cavalheiro executando uma caminhada boba. perceba que temos quase todos os elementos que expus agora:

 

“O cavalheiro faz uma caminhada boba”

(pronome, substantivo, verbo, pronome, substantivo e advérbio)

Ver Todos os artigos de Alexandre Gomes