Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Yes Man

Yes Man

Filipe Aprigliano - Iscas do Apriga -

Essa noite escutei alguns podcasts atrasados no Café Brasil, a partir do “463 – Sobre sorte e Azar” mais especificamente. Enquanto escutava esse podcast me lembrei imediatamente do filme Sim Senhor (ou Yes Man, o título em inglês).

O filme conta a história de Carl Allen (Jim Carrey), um homem frustrado que dizia “não” para tudo, com uma postura própria do Hardy do desenho animado. Um dia ele se inscreve num programa de auto-ajuda baseado no princípio de dizer “sim” para tudo. Resumidamente, após muitos inconvenientes e desencontros, a vida dele é transformada porque ele se expõe a todos os tipos de oportunidades, ele quebra sua rotina de todas as formas possíveis e o “caos” se encarrega de coisas fantásticas.

Obviamente o filme é uma comédia e tudo se apresenta de uma forma exagerada e caricata, no entanto, existe uma verdade bastante profunda nessa história. Embora eu concorde que o preparo é fundamental, o maior pecado que cometemos é nos fechar às oportunidades. Pré-julgamos o valor que determinadas experiências terão e abrimos mão delas.

No ano passado eu me separei e o fim do meu casamento foi o combustível psíquico para eu tomar algumas atitudes. Eu não tinha mais que prestar contas pra ninguém, também não tenho filhos, era só fazer alguma mudança na minha vida, mas o quê?

Inspirado nesse filme eu decidi o seguinte, deixa o universo escolher pra mim, vou dizer sim pra tudo que aparecer. A partir desse momento eu comecei a fazer yoga, fiz um curso de pilotagem da Mitsubishi, aula de gaita pela internet, resgatei uma gata no estacionamento do trabalho pra fazer companhia para minha cachorra, perdi 20 quilos sem fazer dieta, comprei tantas músicas que fico perdido para escolher o que escutar (nesse momento estou escutando Helter Skelter na versão do The Dead Daisies), fiz viagens de trabalho de moto, enchi minha casa de posters, aprendi a cozinhar, arrumei uma namorada que eu não tenho palavras pra descrever de tão legal, todos os projetos bacanas que me mostraram ou enviaram para o meu e-mail pedindo ajuda eu participei e colaborei, e fui em todos os eventos sociais que me chamaram, por mais bizarros que fossem.

Se alguém me encontrava com aquele papo de vamos marcar alguma coisa, eu marcava… Se me ligava dizendo vamos encontrar um dia, eu dizia: Claro, vamos hoje… mesmo com reunião de trabalho no dia seguinte de manhã. O mais importante é que eu não planejei nada disso, só agarrei as oportunidades sem julgamento e sem expectativas.

Essa semana completou um ano disso tudo, e só posso dizer que nunca fui tão feliz na vida, nunca conheci tantas pessoas bacanas, nem aprendi tanta coisa. Eu tive tantas experiências boas que não conseguiria listar todas elas.

Recentemente, conheci o Luciano Pires pessoalmente por causa dessa mudança de postura, e agora estou aqui nas Iscas Intelectuais escrevendo essas bobices. Ele anunciou que ia lançar um livro em São Paulo, eu pensei, que ótimo… Eu tenho um carro, uma moto e eu tenho tempo, marquei o hotel no mesmo dia e fui no meio da semana. Podia ter ido de avião, mas eu queria o tempo sozinho na estrada para ouvir música e apreciar a vista.

Isso é outra coisa engraçada, quando você passa a focar no presente, o seu tempo se multiplica, magicamente parece que você tem tempo pra tudo que realmente deseja, inclusive para o ócio, para identificar estrelas com um aplicativo no iPad, ou procurar versões bizarras de músicas famosas no YouTube. Mais engraçado ainda, a última coisa que passa pela cabeça é perder tempo vendo televisão. Eu até cancelei a TV a cabo e o telefone fixo, agora só tenho internet em casa.

Eu podia ficar horas aqui falando um monte de coisas, mas tem um texto que eu li num retiro de yoga que resume perfeitamente o que eu gostaria de dizer:

“O coração puro sempre vibra em gratidão. Vê o Universo como um amigo que está sempre inspirando a evolução. O coração puro está sempre celebrando a vida e tudo aquilo que se expressa através de um ser humano, porque ele compreende que tudo é sagrado.” ~ Sri Prem Baba

Obrigado pelo seu tempo. Quem sabe nos falamos de novo?

Ver Todos os artigos de Filipe Aprigliano