s
Artigos Café Brasil
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
É improvável – embora não impossível – que os ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
O convidado de hoje é Bruno Gonçalves, um profissional ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Rubens Ricupero
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Memórias de um grande protagonista   “Sem as cartas, não seríamos capazes de imaginar o fervor com que sentíamos e pensávamos aos vinte anos. Já quase não se escrevem mais cartas de amor, ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Cafezinho 633 – O Debate
Cafezinho 633 – O Debate
A partir do primeiro debate entre Trump e Biden em ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

O ridículo

O ridículo

Luciano Pires -

Assisti matérias nos telejornais sobre a situação no Espírito Santo.

Apareceram os policiais em greve dizendo que não podem sair do quartel porque a família não deixa. É ridículo.

Apareceu a informação de que eles estão há 3 anos sem nem mesmo reposição da inflação. Outras informações dizem que os policiais querem um reajuste de 43%, acumulado referente aos sete anos em que não há aumento. E um auxílio-alimentação de R$ 176. Ou R$ 8 por dia útil. É ridículo.

Mas apareceu um representante do governo dizendo que foram concedidos reajustes de 38,85% nos últimos 7 anos a todos os militares e a folha de pagamento da corporação teve um acréscimo de 46% nos últimos 5 anos. Um diz que teve aumento, outro disse que não. É ridículo.

Alguém falou do salário de um PM no Estado: R$ 2.643, sem qualquer benefício como vale-alimentação. Aí o representante do governo aparece para dizer que a remuneração inicial dos militares da categoria de soldado a subtenente é realmente de R$ 2.646,12, mas pode chegar a R$7.108,48.  Informações desencontradas sendo usadas como armas. É ridículo.

Apareceu um sujeito nervoso dizendo que a polícia militar não pode parar para reclamar seus direitos. Outro diz que só parando para poder reclamar seus direitos. E quem se ferra é o povo. É ridículo.

Apareceram um filósofo e um comediante para dizer que a solução é desmilitarizar a polícia. É ridículo.

Apareceu o governador, saído de uma cirurgia, perguntando onde é que vai arrumar dinheiro pra aumentar os PMs. É ridículo.

Antes um depoimento de uma dona de casa que está presa em seu apartamento, sem coragem de sair às ruas nem para comprar comida. Depois uma mãe mostrando os filhos pequenos presos em casa, pois as escolas estão fechadas. É ridículo.

Aí, imagens de saques, tiroteios e motoristas apavorados fugindo de bandidos pelas ruas do centro da cidade. É ridículo.

E outras imagens, mostrando que entre os saqueadores, muitos não são bandidos, mas “gente de bem”, que viu a bagunça e resolveu tirar sua casquinha. É ridículo.

Nas redes sociais, imagens chocantes de linchamentos de bandidos pela população. É ridículo.

Agora a informação de que a Polícia Civil também estaria entrando em greve. É ridículo.

E por fim, vários outros Estados já demonstram que estão em situação similar à do Espírito Santo, com possibilidade de que as greves se alastrem e os criminosos tomem conta. É ridículo.

Ridículo, ridículo, ridículo.

Isso tudo provocado pelas Câmaras, Senados, Presidentes, Governadores, Prefeitos e Vereadores que constituem esse Estado Brasileiro que é o melhor que nós, enquanto sociedade, conseguimos eleger.

Entendeu? Isso é o melhor que nós conseguimos fazer.

Ridículo.