s
Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Como se proteger da manipulação das mídias
Como se proteger da manipulação das mídias
Descubra o passo a passo para se proteger das mentiras, ...

Ver mais

O Lado Cheio
O Lado Cheio
Aqui é o lugar onde você encontrará análises sobre o ...

Ver mais

Pelé e os parasitas.
Pelé e os parasitas.
Meu herói está lá, a Copa de 1970 está lá, o futebol ...

Ver mais

Café Brasil 769 – Paulo Gustavo e as 48 horas
Café Brasil 769 – Paulo Gustavo e as 48 horas
Olha: eu tinha já começado a montar um programa sobre a ...

Ver mais

Café Brasil 768 – A Expedição Franklin
Café Brasil 768 – A Expedição Franklin
Como é que a gente age diante do desconhecido, hein? ...

Ver mais

Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado
Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado
Uma revisita a um programa de 2013 com um ponto de ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Há muito tempo tínhamos a ideia de trazer para o ...

Ver mais

LíderCast 217 – Amyr Klink
LíderCast 217 – Amyr Klink
Meu nome é Amyr Klink, tenho 65 anos e eu construo viagens.

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Fôlego novo para a equipe econômica?
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Fôlego novo para a equipe econômica? Em março, ficamos sabendo que o crescimento negativo de 4,1% registrado em 2020 havia colocado o Brasil no 21° lugar num ranking de 50 países, segundo ...

Ver mais

Qual é o problema mais grave do Brasil?
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Qual é o problema mais grave do nosso país?   Vão dizer que é a corrupção. Vão dizer que é a criminalidade. Que é a desigualdade social, a qualidade dos nossos políticos, a ignorância da nossa ...

Ver mais

Externalidades
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Externalidades negativas ou positivas na economia mundial[1] O termo econômico “externalidade” tem origem no trabalho do economista britânico Alfred Marshall (1842-1924), professor de Economia ...

Ver mais

O nosso Olimpo
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Brasileiro em geral não gosta muito de ler, infelizmente. Com a chegada do smartphone então… O celular faz-tudo é primeirão em qualquer aspecto, do prazer ao ócio total. Se os clássicos não ...

Ver mais

Cafezinho 384 – Gente estúpida
Cafezinho 384 – Gente estúpida
Distinguir talento de reputação, veja que questão ...

Ver mais

Cafezinho 383 – Dicas do tio Lu
Cafezinho 383 – Dicas do tio Lu
Não sei quantos anos você tem, mas garanto que perdeu ...

Ver mais

Cafezinho 382 – Fazer o quê?
Cafezinho 382 – Fazer o quê?
“Fazer o quê?” é a marca registrada do fatalismo brasileiro.

Ver mais

Cafezinho 381 – País-pererê
Cafezinho 381 – País-pererê
Esse é um trecho de um poema de Affonso Romano de ...

Ver mais

Café Brasil 716 – Cafezinho Live com Adalberto Piotto

Café Brasil 716 – Cafezinho Live com Adalberto Piotto

Luciano Pires -

Então. Lá vamos nós pra 60, 70 dias de quarentena, epidemia, pandemia, ninguém sabe direito o que está acontecendo, a grande conclusão é essa, sabe? Ninguém sabe direito pra onde vai, ninguém sabe direito o que fazer, as notícias chegam da forma mais atrapalhada possível, o especialista fala A, o outro fala B, os dois estão certos, é uma confusão tremenda, né? Quando eu lancei este projeto do Cafezinho Live, há um mês, um mês e meio atrás, a ideia era chamar alguns amigos pra conversar: olha a confusão que está isso aqui, né? Pra que lado nós vamos, o que que vai acontecer, como é que a gente vai fazer passando a crise.

Mas de lá pra cá aconteceu muita coisa. A única coisa que não mudou foi essa gana, essa espécie desse masoquismo, esse sadismo da mídia de construir um cenário de pânico absoluto, né?

Bom. Como eu quero fazer parte da solução, eu vou de novo trazer pra vocês a última gravação. Esse aqui é o áudio da última live que foi feita com o meu amigo Adalberto Piotto e a gente teve como tema, conversar um pouco sobre como é que a mídia se comporta, como se proteger dessas notícias ruins que vêm por aí, tá bom?

Seja bem-vindo então e vamos em frente.

Bom dia, boa tarde, boa noite. Você está no Café Brasil e eu sou o Luciano Pires.

Posso entrar?

“Bom dia, boa tarde, boa noite, Luciano. Aqui é o Luis Braga de Curitiba, tudo bem?

Estou fazendo uma breve, restrita caminhada nesse tempo de quarentena e higienizando minha cabeça, higienizando a minha mente com o podcast, um dia eu conversando com um amigo, eu sou cirurgião dentista, sofrendo um baque, já que a minha profissão, ela depende exclusivamente da minha presença e da minha mão e o meu consultório é… meu consultório não, todos os consultórios odontológicos são a área mais perigosa devido aos aerosóis, né? Aquele jato de água que a gente joga dentro da boca, dissemina o vírus no ambiente, ele fica suspenso nessas gotículas de água, fazendo que o risco do dentista se contaminar chegue a quase 100% e sendo um vetor considerável pra disseminação do vírus.

E nós que somos muito ativos, porém desunidos, na odontologia, chegamos a nos ver em pânico agora, porque dependemos exclusivamente da nossa profissão, muito de nós e não temos como gerar renda. Isso está deixando muita gente com a cabeça fora do lugar.

Eu fiz um exame de consciência esse dias sobre a importância da gente ter um fundo de reserva, uma emergência, que é difícil, muito difícil, já que nós não somos vistos pelos governos e pelas autoridades e pela sociedade como uma classe específica, mas a gente sempre se encaixa em alguma coisa. A gente é meio médico, meio empreendedor, meio empresário, meio linha de frente, meio… a gente é meio de tudo. Como a gente está no meio do caminho de tudo, a gente acaba aproveitando muito mais das situações que são impostas pra gente, do que a gente realmente conquistou.

Mas o objetivo de eu falar com você agora, Luciano, é sobre o episódio 642, A caverna de todos nós.  Fala sobre a importância de sermos guerreiros, nesse momento, sermos guerreiros mentais, nos adaptar, saber como lidar nessa batalha ao inimigo invisível. Seria muito legal se você pudesse fazer uma releitura desse episódio, trazer afago e alento pra muita gente.

Amigão, um grande abraço pra você, fica com Deus. Que Deus nos proteja e nos dê clareza pra passar por esses momentos e serenidade. Grande abraço, querido”.

Grande Luis Braga! Olha, a gente está relançando esse episódio da Caverna de todos nós dentro dos especiais que estão sendo publicados na série HERÓIS DA SAÚDE, que a gente fez junto com a EPIMED.  Então, esse baque nos dentistas, médicos e tantos profissionais que numa pandemia, correm alto risco de contaminação, é algo que mudará a forma como temos de planejar nossas vidas, viu? Especialmente nas questões econômicas. Eu acho que nesse assunto, e com a ameaça de novas pandemias, nada mais poderá ser como antes. Força aí, meu caro. Vamos ver se a gente volta aí à normalidade possível!

Muito bem. Quando essa doideira toda passar, o Luis receberá um KIT DKT, recheado de produtos PRUDENCE, como géis lubrificantes e preservativos masculinos. Basta enviar seu endereço para contato@lucianopires.com.br.

A DKT distribui as marcas Prudence, Sutra e Andalan e contempla assim a maior linha de preservativos do mercado, além de outros produtos como anticonceptivos intrauterinos, géis lubrificantes, estimuladores, coletor menstrual descartável e lenços umedecidos. A causa da DKT é reverter grande parte de seus lucros para projetos nas regiões mais carentes do planeta, evitando assim a evitar gravidez indesejada, infecções sexualmente transmissíveis e a AIDS. Ao comprar um produto Prudence, Sutra ou Andalan você está ajudando nessa missão!

facebook.com/dktbrasil.

Vamos lá então!

Luciano – Lalá, qual é a notícia que nunca é fake News?

Lalá – Que na hora do amor, tem de usar Prudence.

Então, apenas relembrando: o Cafezinho Live é o espaço para receber alguns amigos, entre eles, Gustavo Cerbasi, Ricardo Jordão Magalhães, Bruno Garschagen, Murilo Gun, Dado Schneider e Adalberto Piotto. A gente discutiu economia, vendas em tempo de quarentena, política, criatividade e comunicação. Todas as lives foram transformadas num episódio do Café Brasil, mas se você quiser assisti-las, é só acessar a minha página lá no Youtube; é o bit.ly/lucianonoyoutube. Estão todas as lives lá.

Olha! Na sexta e última live desta primeira temporada, eu recebi meu caro, meu caríssimo amigo Adalberto Piotto. O Piotto é um jornalista experiente, um estudioso da brasilidade, um sujeito que consegue olhar a notícia sem histeria, sem partidarismo e, com isso, ter uma visão equilibrada dos fatos. E também indignada, evidentemente, especialmente com os coleguinhas de profissão. Vamos ao papo?

Só que antes…

O Itaú Cultural, você já sabe,  tem três podcasts para quem se interessa por música, literatura e questões indígenas.

No podcast Escritores-Leitores, autores brasileiros falam de seu processo criativo. No pocast  Toca Brasil, artistas, produtores e pesquisadores do universo musical falam de seu trabalho. E no podcast Mekukradjá escritores, cineastas e lideranças de povos indígenas de várias regiões do Brasil tratam das questões indígenas.

Acesse itaucultural.org.br, Agora você tem cultura entrando por aqui, ó:

Pelos ouvidos…

 

O Café Brasil é produzido por quatro pessoas. Eu, Luciano Pires, na direção e apresentação, Lalá Moreira na técnica, Ciça Camargo na produção e, é claro, você aí ó, completando o ciclo.

Olha! Passou então a primeira temporada dos Cafezinhos Lives. Agora a gente retorna à rotina, se é que ainda existe alguma rotina…

De onde veio este programa aqui tem muito mais, especialmente para quem assina o cafebrasilpremium.com.br, a nossa “Netflix do Conhecimento”, onde você tem uma espécie de MLA – Master Life Administration. Então acesse cafedegraca.com e experimente o Premium por um mês, sem pagar.

O conteúdo do Café Brasil pode chegar ao vivo em sua empresa, agora online, né? Através de minhas palestras. Acesse lucianopires.com.br e vamos com um cafezinho aí pra vocês ao vivo, meu!

Mande um comentário de voz pelo WhatSapp no 11 96429 4746. E também estamos no Telegram, com o grupo Café Brasil.

Para terminar, uma frase de Ricardo Boechat:

A imprensa noticia vandalismo, pois gera medo. O medo faz com que as pessoas fiquem em casa. E pessoas com medo, não mudam o país.