s
Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Café Brasil 781 – Stalinismo tecnológico
Café Brasil 781 – Stalinismo tecnológico
Se você não é do ramo do marketing, da comunicação, da ...

Ver mais

Café Brasil 780 – LíderCast Barone & Priester
Café Brasil 780 – LíderCast Barone & Priester
Pronto. Chegou o dia de conversar com duas referências ...

Ver mais

Café Brasil 779 – Grávida? Você está demitida!
Café Brasil 779 – Grávida? Você está demitida!
Há quatro anos, uma amiga me relatou uma história ...

Ver mais

Café Brasil 778 – Cringe: a maldição dos Millennials
Café Brasil 778 – Cringe: a maldição dos Millennials
Um novo termo entrou em evidência: o cringe. A tradução ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Olímpica expectativa
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Olímpica expectativa “O esporte tem o poder de unificar, passar uma imagem de paz e resiliência, e nos dá esperança de seguir nossa jornada juntos.” Thomas Bach (Presidente do Comitê Olímpico ...

Ver mais

Economia do crime
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Economia do crime  O crime compensa?  “Na faculdade, fui atraído pelos problemas estudados por sociólogos e as técnicas analíticas utilizadas pelos economistas. Esses interesses começaram a se ...

Ver mais

Reprise
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Reprise  Já vi esse filme outras vezes… e não gostei do final A combinação de novas denúncias de irregularidades envolvendo membros do governo, o andamento da CPI da Covid e a sucessão de ...

Ver mais

O infalível ministro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A piada é antiga. Dá pra contar, se a turma do politicamente correto ainda não inventou o crime de lusofobia: A famosa cena bíblica do apedrejamento da adúltera, quando o Mestre teria dito… ...

Ver mais

Cafezinho 408 – Correlações e causalidades
Cafezinho 408 – Correlações e causalidades
Preste muita atenção nos discursos dos educadores, dos ...

Ver mais

Cafezinho 407 – A teoria do valor subjetivo
Cafezinho 407 – A teoria do valor subjetivo
Trocar um apartamento por um automóvel? Como assim?

Ver mais

Cafezinho 406 – Ressentimentos passivos
Cafezinho 406 – Ressentimentos passivos
Eu escolhi participar ativamente, usando as armas que tenho.

Ver mais

Cafezinho 405 – O babaca
Cafezinho 405 – O babaca
Qual tipo de reação você acha que levo em consideração ...

Ver mais

Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado

Café Brasil 767 – Sexo bom – Revisitado

Luciano Pires -

 

 

Você já sabe que a Perfetto patrocina o Café Brasil fazendo sorvetes, não é?

No site perfetto.com.br – lembre-se, perfetto tem dois “tês”, a gente enlouquece. Se depender deles seu dia será incrivelmente Perfetto! Por exemplo, com o Recheatto, uma sobremesa produzida com dois biscoitos italianos e, entre eles, sorvete de baunilha com cobertura especial de chocolate ao leite. Produto também disponível em embalagem multipack, com seis unidades. Dê uma olhada no @perfettosorvetes no Instagram e veja se você se  aguenta, cara!

Com sorvete #TudoéPerfetto E Perfetto tem dois tês.

Sabe quem ajuda este programa chegar até você?

A Terra Desenvolvimento Agropecuário, que é especializada em inteligência no agro.

Utilizando diversas técnicas, pesquisas, tecnologia e uma equipe realizadora, a Terra levanta todos os números de sua fazenda em tempo real e auxilia você a traçar estratégias, fazer previsões e, principalmente, agir para tornar a fazenda eficiente e mais lucrativa.

E para você que acredita no agro e está interessado em investir em um seguimento lucrativo e promissor, a Terra oferece orientação e serviços, para tornar esse empreendimento uma realidade.

terradesenvolvimento.com.br – razão para produzir, emoção para transformar.

A inteligência a serviço do agro.

E aí? Vai um filminho de sacanagem? Uma pornografiazinha básica? Um brinquedinho daqueles? Uma coisinha pra apimentar a relação? Como é que você se relaciona com essa questão de apimentar o sexo, hein? Bem, o programa de hoje vai tratar do negócio do sexo. é uma revisita a um programa lá de 2013 e o ponto de vista aqui é diferente de tudo que você já viu e ouviu. Quer apostar? O papo é bastante sério, mas eu não posso dizer o mesmo da trilha sonora, cara… O meu conselho é: quando entrar a música, tire as crianças da sala.

Bom dia, boa tarde, boa noite. Você está no Café Brasil e eu sou o Luciano Pires.

Posso entrar?

Je t’aime moi non plus
Serge Gainsburg

Je t’aime je t’aime
Oh oui je t’aime
Moi non plus
Oh mon amour
Comme la vague irrésolue
Je vais, je vais et je viens
Entre tes reins
Je vais et je viens
Entre tes reins
Et je me retiens

Je t’aime je t’aime
Oh oui je t’aime
Moi non plus
Oh mon amour
Tu es la vague, moi l’île nue
Tu vas, tu vas et tu viens
Entre mes reins
Tu vas et tu viens
Entre mes reins
Et je te rejoins

Je t’aime je t’aime
Oh oui, je t’aime
Moi non plus
Oh mon amour
L’amour physique est sans issue
Je vais je vais et je viens
Entre tes reins
Je vais et je viens
Je me retiens
Non ! maintenant viens

Eu te amo, não mais que eu

Eu te amo, eu te amo
Oh sim, eu te amo
Não mais que eu
Oh, meu amor
Como a onda irresoluta
Eu vou, eu vou e eu venho
Entre tuas curvas
Eu vou e eu venho
Entre tuas curvas
E eu me retenho

Eu te amo, eu te amo
Oh sim eu te amo
Não mais que eu
Oh, meu amor
Você é a onda, eu a ilha nua
Você vai, você vai e você vem
Entre minhas curvas
Você vai e você vem
Entre minhas curvas
E eu me junto a você

Eu te amo, eu te amo
Oh sim, eu te amo
Não mais que eu
Oh, meu amor
O amor físico é sem perguntas
Eu vou, eu vou e eu venho
Entre tuas curvas
Eu vou e eu venho
Eu me retenho
Não! Venha agora

É a esse som  aí de Je t´aime…moi non plus, o clássico com Serge Gainsburg e Jane Birkin que eu ouvia… aliás em Bauru a gente chamava de Jane birquin, que eu ouvia lá em Bauru em lá em 1970 mesmo, eu vou dizer assim, ó:

escrever este programa, como diz a turma aí, explodiu meus miolos. Me obrigou a me afastar de meus preconceitos e tentar enxergar a realidade sob um ponto de vista desafiador. Vamos ver como é que vai ser com você né?

Em 2013 fui contatado pela DKT do Brasil para realizar algumas palestras. Eu nunca tinha ouvido falar nos caras e fiquei surpreso quando soube que eles eram fabricantes de… preservativos. Camisinhas, meu! Daquelas que vêm com sabores, sabe? Fiquei curioso e fui me reunir com eles para o briefing da palestra. Cara, saí de lá chocado com o que ouvi, vi e aprendi. Uma história fantástica de de empreendedorismo. De como um sujeito corajoso pode quebrar ao meio velhos costumes e mudar radicalmente a vida das pessoas. A história é tão surpreendente que eu achei que valia a pena trazer pra você conhecer. Eu fis o programa lá em 2013 e vou repetir agora por uma razão muito especial. Prepare-se.

Andando pelas ruas poeirentas de Awasa, uma cidade no sul da Etiópia, você pode topar com um outdoor anunciando preservativos com um slogan interessante: “Valorize sua vida! Proteção superior!”. Por outro lado, se você estiver dirigindo por uma rodovia daquelas perfeitamente pavimentadas na região de Toronto no Canadá, encontrará um outro outdoor mostrando uma mulher de meia idade olhando dentro da bermuda do marido e uma mensagem safadinha: “Ponha uma festa em suas calças”.

Os prazeres sexuais dos ricos podem parecer anos luz distantes dos problemas de planejamento familiar e de prevenção à AIDS dos pobres na África, não é? É. Mas os dois outdoors e os produtos que eles promovem estão intimamente conectados a um sujeito tão visionário quanto polêmico: Phil Harvey.

Phil Harvey era um jovem universitário que estudava meios de promoção do planejamento familiar sem interferência médica. Em paralelo aos estudos, Phil se juntou a um amigo e começou um negócio de vendas por catálogo, com diversos produtos, entre eles preservativos, o que era uma atividade ilegal na época, pois os preservativos eram considerados obscenos pela sociedade norte americana. O negócio de venda por catálogo cresceu e com o tempo os rapazes notaram que cada vez que colocavam à venda um produto com apelo erótico, a resposta era muito grande. Sexo vendia! E o Phil com o seu socio criaram a Adam & Eve, que hoje é a maior empresa de venda de produtos adultos pelo correio nos EUA. Aliás, eu tenho a impressão de que hoje nem é mais. Phil tornou-se um magnata do setor, oferecendo todos aqueles tipos de brinquedos, vídeos e acessórios que a gente encontra nas sex shops.

Sacou? Estou falando de um sujeito que, nos anos 60 e 70 criou o maior negócio de venda de produtos adultos, filmes pornográficos, lingerie, vibradores e tudo aquilo que serve para apimentar a experiência do sexo. Ao longo do caminho, o negócio de venda de preservativos se tornaria a organização DKT International, que se ramificou para as nações em desenvolvimento, enquanto Adam & Eve cresceu e vendeu mais de US $ 70 milhões em filmes e produtos por ano. A Adam & Eve agora fornece 10% do financiamento da DKT. Além disso, doa cerca de 25% de sua receita de entretenimento adulto para instituições de caridade. Phil Harvey investe aproximadamente 2,5 milhões de dólares por ano na produção de cerca de 75 filmes pornográficos. Cara! Isso é um número de 2013, tá? Isso dá mais de um filme por semana… Aquela sacagem toda, você sabe como é… Pois é.

Mas é aí começaram a aparecer as coisas que realmente chamam a atenção. Phil manda os roteiros de seus vídeos e dos livros sobre sexo, para um exame prévio por terapeutas sexuais, que eliminam tudo aquilo que possa ser considerado coerção. Phil está interessado em vender produtos que ampliam o prazer saudável das pessoas.

Prazer? Lalá, manda aí…

A noite do prazer
Claudio Zoli

A noite vai ser bôa
Bôa!
De tudo vai rolar
Vai rolar!
De certo que as pessoas
Querem se conhecer
Olham e se beijam
Numa festa genial…

A madrugada, a vitrola
Rolando um blues
Tocando B.B.King sem parar
Sinto por dentro uma força
Vibrando uma luz
A energia que emana
De todo prazer…

Prazer em estar contigo
Um brinde ao destino
Será que o meu signo
Tem a ver com o seu?
Vem ficar comigo
Depois que a festa acabar…

Olhaí que delicia, cara! Agora temos A NOITE DO PRAZER, aquele imenso e único sucesso do grupo Brylho. Essa música é curiosa. Onde ele canta assim: vai rolar, eu sempre ouvia vai rôla! E você hein? Passou um tempão tocando de biquíni sem parar, é?

“Oi Luciano, tudo bem? Aqui é a Vanessa. Comecei a ouvir os seus podcasts agora há pouco tempo. Na verdade, tem dois dias. Eu já ouvi vários deles e queria muito elogiar o podcast. Realmente excelente. Queria falar um pouquinho sobre a minha experiência. Ouvi o episódio sobre fêmeas e machos e na verdade eu queria relatar um pouco da minha experiência.

Eu resolvi escolher uma profissão que é predominantemente masculina, senão quase 90% masculina, né? Hoje eu trabalho em embarcações de apoio pro offshore e eu cheguei na embarcação aos meus 25 anos, novinha, mulher, numa embarcação que tinha 35 homens. A primeira reação de todos foi estranhar muito e me excluir completamente. Cheguei teoricamente num cargo de chefia, como oficial, e cada vez que eu pedia qualquer trabalho eu via uma resistência muito grande.

Acabou que eu, por livre e espontânea vontade passei a fazer os trabalhos ao invés de pedir e eu virei notícia na embarcação. E todo mundo começou a comentar que a “menina” estava fazendo os trabalhos de homem e eu ouvia os comentários no corredor e deixava quieto. Passava direto.

E aí, aos poucos eu fui conseguindo trazer todo mundo pra perto, acho que a gente… nós mulheres conseguimos ter mais sensibilidade, então eu comecei a perceber mais os problemas, a gente fica confinado, então comecei a perceber que um estava mais tristonho, ia perguntar, ia questionar: e aí, tá tudo bem? Está precisando de alguma coisa? Estou vendo que você está triste… comecei a usar um pouco a minha sensibilidade feminina, a meu favor.

E hoje, depois de um ano, nessa embarcação, sendo a única mulher a bordo, eu consegui mudar totalmente o paradigma. Os meninos todos hoje me defendem, quando vem alguém de fora e faz qualaquer tipo de comentário machista. Então, eu acho que a gente está conquistando o nosso espaço. É muito mais difícil pra nós meninas, no ambiente masculino, mas a gente está conseguindo, de pouco em pouco, as coisas estão acontecendo.

Obrigada por ter comentado sobre esse assunto. Foi ótimo ter duas meninas ótimas no programa e que deram um feedback super legal. Experiências parecidas com a minha até. Então, obrigada mesmo por esse espaço. E desculpa  estar comentando só agora, mas eu só descobri seu podcast agora e realmente eu estou apaixonada. Obrigada por tudo. Tchau tchau.”

Vanessa, que legal! Eu recuperei esse comentário dela, que é de 2018, por conta da tal história do “sexo frágil”. Bem, a Vanessa mostra que não é tão frágil assim. E histórias como a dela, já temos de montão por aí. Muito bom, não sei onde a Vanessa anda, mas espero que ela tenha crescido na carreira e hoje esteja comandando os 35 ogros.

Muito bem. Se a Vanessa mandar um e-mail para o contato@lucianopires.com.br, a gente vai mandar pra ele um kit DKT, que ele vai depois … usar como quiser…

A DKT distribui a maior linha de preservativos do mercado, com a marca Prudence, além de outros produtos como os anticonceptivos intrauterinos Andalan, géis lubrificantes, estimuladores, coletor menstrual descartável e lenços umedecidos. Mas o que realmente marca na DKT é sua causa de reverter grande parte de seus lucros para projetos nas regiões mais carentes do planeta. A DKT trabalha para evitar a gravidez indesejada, infecções sexualmente transmissíveis e a AIDS. Ao comprar um produto Prudence, Sutra ou Andalan você está ajudando nessa missão!

facebook.com/dktbrasil.

Vamos lá então!

Luciano – Lalá, como é que você vai fazer agora que acabou a camisinha?

Lalá – Vou ter que comprar, né? Porque na hora do amor, tem que usar Prudence.

Durante os anos 80 Phil envolveu-se numa disputa judicial com o governo norte americano, que o acusou da venda de produtos obscenos e tentou fechar seu negócio. Phil comprou a briga, baseado na constituição dos EUA que é muito clara sobre a liberdade de expressão. Foram oito anos se defendendo e processando o governo, ao final dos quais ele saiu vencedor. Nos início dos anos 2000 o governo Bush voltou à carga e Phil se viu mais uma vez obrigado a se defender das acusações de obscenidade.

Muito bem… Agora vem a parte mais curiosa. Muito antes de fazer crescer seu negócio de produtos adultos, Phil Harvey estava mergulhado nas questões de planejamento familiar e desenvolvia ideias voltadas ao marketing social. Envolveu-se num grande programa de distribuição de comida nas regiões mais pobres do planeta e descobriu que essa atividade não resolvia o problema, pelo contrário, apenas criava dependência e destruía a capacidade de produção das regiões que recebiam a ajuda. Phil partiu então para outras soluções. Em vez de dar comida, ensinar a realizar o planejamento familiar e a contracepção. Nas regiões de pobreza extrema essa era a única solução para controlar a perpetuação da miséria.

Phil criou em 1970 a PSI – Population Services International, entidade pioneira no marketing social e em 1989 fundou a DKT INTERNATIONAL, cujo nome vem do pioneiro do estudo e implementação de técnicas de planejamento familiar na Índia, D.K. Tyagi.

A DKT é focada no fornecimento de preservativos e contraceptivos a preços extremamente baixos nas regiões mais pobres do planeta, realizando seu trabalho usando técnicas de marketing de produto, com canais de distribuição diversificados que levam seus produtos para milhões de pessoas, sempre vendidos a preços irrisórios cara, mas nunca gratuitos. Eles acreditam que se você paga, por menor que seja o valor, você valoriza e usa o produto.

Selim
Cristiano Telles

Eu queria ser o banquinho da bicicleta
Pra ficar bem no meio das pernas
E sentir o seu anus suar
Eu queria ser a calcinha daquela menina
Pra ficar bem perto da vagina
E as vezes ate me molhar
Mas eu não sei o que se passa nesta cabecinha
E claro que era da minha
Você não pode duvidar
fica quieto
Não me deixe envergonhado
Pois se eu ficar excitado
Minha calça vai estourar.

Putz… esses são os Raimundos, com a versão acústica do clássico SELIM,  de Cristiano Telles. Essa é de 1994. Eu não sei se você conhecia. É pesada. Bom, cara, mas comparado com os funks que estão tocando hoje, isso aqui é quase que música infantil, não é?

Sexual healing
Marvin Gaye

Ooh, baby, let’s get down tonight
Baby, I’m hot just like an oven
I need some lovin’
And baby, I can’t hold it much longer
It’s getting stronger and stronger
And when I get that feeling
I want sexual healing
Sexual healing, baby
Makes me feel so fine
Helps to relieve my mind

Sexual healing, baby, is good for me
Sexual healing is something that’s good for me
Whenever blue tear drops are falling
And my emotional stability is leaving me
There is something I can do
I can get on the telephone and call you my baby, and
Honey I know you’ll be there to relieve me
The love you give to me will free me
If you don’t know the things you’re dealing
I can tell you, darling, that it’s sexual healing

Get up, get up, get up, get up, let’s make love tonight
Wake up, wake up, wake up, wake up, ‘cos you do it right
Baby, I got sick this morning
A sea was storming inside of me
Baby, I think I’m capsizing
The waves are rising and rising
And when I get that feeling
I want sexual healing

Sexual healing is good for me
Makes me feel so fine, it’s such a rush
Helps to relieve the mind, and it’s good for us
Sexual healing, baby, is good for me
Sexual healing is something that’s good for me
And it’s good for me and it’s good to me

My baby oh
Come take control, just grab a hold
Of my body and mind
Soon we’ll be making it
Honey, oh we’re feeling fine
You’re my medicine, open up and let me in
Darling, you’re so great
I can’t wait for you to operate
Get up get up get up get up
Let´s make love tonight
Wake up wake up wake up wake up
‘Cause you do it right

Cura Sexual

Ooh, querida, vamos com tudo esta noite
Querida, eu sou quente como um forno
Eu preciso de um pouco de amor
E baby, eu não posso segurar por muito mais tempo
Está ficando cada vez mais forte
E quando eu tenho esse sentimento
Eu quero cura sexual
Cura sexual, querida
Me faz sentir tão bem
Ajuda a aliviar minha mente

Cura sexual, querida, é bom para mim
A cura sexual é algo que é bom para mim
Sempre que gotas azuis estão caindo
E minha estabilidade emocional está me deixando
Há algo que eu posso fazer
Eu posso pegar o telefone e te chamar de meu bebê, e
Querida, eu sei que você estará lá para me aliviar
O amor que você me dá vai me libertar
Se você não sabe as coisas que está lidando
Eu posso te dizer, querida, que é cura sexual

Levante-se, levante-se, levante-se, levante-se, vamos fazer amor hoje à noite
Acorde, acorde, acorde, acorde, porque você faz certo
Querida, eu fiquei doente esta manhã
Um mar estava invadindo dentro de mim
Querida, eu acho que estou virando
As ondas estão subindo e subindo
E quando eu tenho esse sentimento
Eu quero cura sexual

A cura sexual é boa para mim
Me faz sentir tão bem, é uma grande pressa
Ajuda a aliviar a mente e é bom para nós
Cura sexual, baby, é bom para mim
A cura sexual é algo que é bom para mim
E é bom para mim e é bom para mim

Meu amor oh
Venha tomar o controle, apenas agarre
Do meu corpo e mente
Em breve estaremos fazendo isso
Querida, oh, estamos nos sentindo bem
Você é meu remédio, abra e deixe-me entrar
Querida, você é tão boa
Eu não posso esperar por você para operar
Levante-se, levante-se Levante-se, levante-se
Vamos fazer amor hoje a noite
Acordar acordar acordar acordar acordar
Porque você faz certo

Então. Pra compensar o Selim, você quer coisa melhor do que Marvin Gaye quando se fala em sexo bom, hein?

A DKT lida com uma questão que pra nós, no Brasil, é extremamente sensível: planejamento familiar. Muita gente torce o nariz quando ouve falar em aborto, uma discussão que nunca terá fim .

Mas tente imaginar o que significa planejamento familiar no nordeste da Índia, região que concentra 5% dos pobres do planeta. Sabe quanto dá isso, hein? Alguma coisa em torno de 380 milhões de pessoas.

Vou repetir: uma região que concentra 380 milhões de pessoas vivendo muito perto da miséria. Foi lá que a DKT criou em 1995 o Centro de Planejamento Familiar Janani. Naquela região vivem 120 milhões de pessoas que sobrevivem com uma renda de 1 real por dia. Você ouviu, hein? 120 milhões, não são 120 mil ou 1 milhão e duzentas, mas 120 milhões de pessoas que tem como renda mensal algo em torno de 30 reais. Como este programa originalmente foi ao ar em 2013, vou atualizar os números… Digamos que a renda deles dobrou e hoje é de 60 reais por mês.

Você consegue imaginar um lugar assim, hein?

A região convive com a miséria, com a fome e com um sistema de saúde precário, sem que o governo consiga atender às demandas. A DKT debruçou-se no desafio de divulgar a essas pessoas processos de planejamento familiar e montou um esquema de distribuição envolvendo 70 mil pontos de venda de preservativos e contraceptivos. A DKT vende a esses distribuidores seus produtos abaixo do custo, definindo o preço de venda de forma a garantir algum lucro para os revendedores. Numa região de pobreza extrema, qualquer lucro é bem-vindo, e milhares de pessoas aderiram ao projeto. A DKT acompanha de perto a venda, para garantir que um ano de produtos contraceptivos não ultrapasse 1% do ganho anual da pessoa interessada.

Mas, a distribuição subsidiada de preservativos e contraceptivos é apenas uma parte da ação da DKT. O programa envolve também a criação e manutenção de cerca de 500 clínicas para esterilização, onde as pessoas pagam preços irrisórios por uma intervenção cirúrgica de ligação das trompas. Olha! Entenda por irrisório algo em torno de 13 dólares por um procedimento clínico.

A área rural, onde vivem 100 milhões de pessoas, é atendida por clínicas móveis.

Nos 25 anos desde sua fundação, Janani forneceu produtos e serviços de planejamento familiar a mais de 34 milhões de casais, protegendo-os de uma gravidez indesejada. Os médicos de Janani conduziram mais de 677.000 laqueaduras e vasectomias e 366.000 abortos cirúrgicos.

Meu, você tá sacando os números, hein? 120 milhões de pessoas! Naquela região da Índia convivem os hindus, muçulmanos e budistas. Temas como contracepção e aborto não são tabus. Eles sabem que se não controlarem a natalidade de alguma forma, o colapso é certo. A DKT também atua na educação, promovendo sessões de cinema em cidades que nunca viram uma projeção, com filmes que tratam de planejamento familiar, discutindo abertamente os temas, algo encarado por eles de forma natural. Agora… imagine uma coisa dessas aqui no Brasil ou nos EUA. Seria um escândalo…

Abre essas pernas
Paulão de Carvalho

Abre essas pernas pra mim baby
Tô cansado de esperar
Você dá pra todo mundo
Só pra mim que você não qué dá

Esse papo de pele e de química
Não tem nada a vê
Não é filme, nem novela
É só sexo, eu e você

Já deixei você nua em pêlo
E na hora você deu pra trás
Então abre essas pernas pra mim, baby
Pra aprender como é que se faz.

Você pode dizer o que quer
Nem por isso vou dar pra você.
Eu só transo com quem eu quero
E na hora que eu escolher

Animal é que trepa
Sem sentir e sem gostar
Não sou bicho e nem planta
Nem boneca pra você me usar

Você vem com essa pica imensa
Pensando que vai me comer
Eu não abro as pernas pra você, baby
Não adianta você querer.

Abre essas pernas…
Nãão!
Abre essas pernas…
Nãão!
Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abra essas pernas pra mim, baby
Abra e deixa eu entrar.

Abre essas pernas pra mim, baby
Que papo é esse de emoção?
Eu tô falando é de vai e vem
Será que você é sapatão?

Eu nunca vi uma mulher
Que não gostasse de foder
Até hoje ninguém disse “Não”
E a primeira não vai ser você.

Eu tô te oferecendo
Vinte centímetros de prazer.
Abra essas pernas pra mim baby
Vai ser bom, você vai ver!

Me tire da cabeça!
Não adianta me cobiçar!
Sei que você come todo mundo,
Mas comigo não vai rolar

Nem tua grana, nem teu carro,
Nada vai me convencer.
Não sou burra, nem tô a venda,
Nem pagando você vai me ter.

Pode ir pro banheiro
E tocar uma bronha se quiser
Eu não abro as pernas pra você, baby
Digo não e sou mulher.

Abre essas pernas…
Nãão!
Abre essas pernas…
Nãão!
Abre essas pernas…
Nãão!
Abre essas pernas…

Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abre essas pernas pra mim, baby
Não
Abre e deixa eu entrar.

Você diz que a minha grana não te compra.
Você diz que só faz com emoção.
(só com amor, benzinho!)
Vou provar que todo mundo tem um preço.
Eu vou provar. Começando o leilão
70 – não!! 90 – não!! 150 – nãaaaao!!
300 – não!! 500 – não!! 790 – nãao!!
800 – não!! 900 – não!! uma milha…

Assim eu dou,
Não dá pra negar.
Assim eu dou,
Não dá pra agüentar!

Só não pense que eu sou puta!
Eu tô gostando de você.
Vou abrir as minhas pernas
Por amor, por prazer!

Puta, você? nem pensar!
Puta, você? o que é que há?
Foi amor a primeira vista que eu vi!
Foi “química, lance de pele vem aqui”!

Benzinho, você sabe
Eu te amo tanto

Eu sabia desde o começo.
Só faltava acertar quanto.

Rarararararara… Essa é Abre essas pernas, um clássico da banda paulista Velhas Virgens, aqui numa versão ao vivo na comemoração dos 30 anos da banda. Cara! O vídeo é ótimo! O povo vai à loucura…. rararararara

Let’s get it on
Marvin Gaye

I’ve been really tryin’, baby
Tryin’ to hold back this feeling for so long
And if you feel like I feel, baby
Then, c’mon, oh, c’mon
Let’s get it on
Ah, baby, let’s get it on
Let’s love, baby
Let’s get it on, sugar
Let’s get it on
We’re all sensitive people
With so much to give
Understand me, sugar
Since we’ve got to be here
Let’s live
I love you

There’s nothing wrong with me
Loving you, baby no no
And giving yourself to me can never be wrong
If the love is true

Don’t you know how sweet and wonderful life can be
I’m asking you baby to get it on with me
I ain’t gonna worry
I ain’t gonna push, won’t push you baby
So c’mon, c’mon, c’mon, c’mon, c’mon, baby
Stop beatin’ ‘round the bush

Let’s get it on
Let’s get it on
You know what I’m talkin’ ‘bout
C’mon, baby
Let your love come out
If you believe in love
Let’s get it on
Let’s get it on, baby
This minute, oh yeah
Let’s get it on
Please, let’s get it on

I know you know what I been dreamin’ of, don’t you baby?
My whole body makes that feelin’ of love, I’m happy
I ain’t gonna worry, no I ain’t gonna push
I won’t push you baby, woo
Come on, come on, come on, come on darling
Stop beatin’ round the bush, hey

Oh, gonna get it on, threatin’ you, baby
I wanna get it on
You don’t have to worry that it’s wrong
If the spirit moves you
Let me groove you good
Let your love come down
Oh, get it on, come on baby
Do you know the meaning?
I’ve been sanctified, hey hey
Girl, you give me good feeling
So good somethin’ like sanctified
Oh dear I, baby
Nothing wrong with love
If you want to love me just let your self go
Oh baby, let’s get it on

Vamos deixar rolar

Eu tenho realmente tentado, querida
Tentado reprimir esse sentimento por tanto tempo
E se você se sente como eu me sinto, querida
Então venha para cá, oh, para cá
Vamos deixar rolar
Ah, baby, vamos deixar rolar
Vamos amar, querida
Vamos deixar rolar, amor
Vamos deixar rolar
Nós somos pessoas sensíveis
Com muito para dar
Você me entende, amor
Já que estamos aqui
Vamos viver
Eu amo você

Não há nada errado comigo
Em amar você, querida não não
E você se dando para mim nunca poderia ser errado
Se o amor é verdadeiro

Você não sabe quão doce e maravilhosa a vida pode ser
Estou te pedindo, amor, deixe rolar comigo
Eu não vou me preocupar
Eu não vou pressionar, não vou pressionar você, amor
Então vamos lá, vamos lá, vamos lá, vamos lá, vamos lá, amor
Pare de me enrolar

Vamos deixar rolar
Vamos deixar rolar
Você sabe do que eu estou falando
Vamos lá, querida
Deixe seu amor aparecer
Se você acredita no amor
Vamos deixar rolar
Vamos deixar rolar, baby
Neste minuto, oh sim
Vamos deixar rolar
Por favor, vamos deixar rolar

Eu sei que você sabe com o que eu tenho sonhado, não sabe, amor?
Meu corpo inteiro te deseja, eu estou feliz
Eu não vou me preocupar, não eu não vou pressionar
Eu não vou pressionar você, amor, woo
Então, vamos lá, vamos lá, vamos lá, vamos lá, querida
Pare de me enrolar, hey

Oh, vamos deixar acontecer
Eu quero que aconteça
Você não deve se preocupar se isto é errado
Se o espírito move você
Deixe-me te enlouquecer
Deixe seu amor aparecer
Oh, deixe rolar, vamos lá amor
Você sabe o que eu quero dizer com isso?
Eu tenho sido um santo hey hey
Garota, você me faz sentir coisas boas
Muito boas, algo como santificado
Oh querida eu, amor
Nada há nada errado com amar
Se você quer me amar apenas se entregue
Oh, amor, deixe rolar

E olha aí, cara! Mais Marvin Gaye. Dá pra resistir, hein? Let’s get it on.

E então eu pego um documentário sobre Phil Harvey, que começa no set de filmagem de um filme pornográfico. Enquanto o moço e a moça estão com mão na mão, mão naquilo, aquilo na mão e aquilo naquilo, Phil, que faz o papel de produtor do filme, explica sua visão, que é fascinante. Ele encara seu produto de forma absolutamente natural. Para ele sexo é saúde, o prazer proporcionado pelo sexo é uma dádiva que Deus deu aos homens e mulheres.

E ele Phil, aplica a seus produtos todas as técnicas de marketing, combinando altruísmo com modelos de negócio práticos e objetivos. Seus projetos filantrópicos, são bancados por doações internacionais e por parte substancial do lucro com a indústria da pornografia e dos sex toys. Phil também é patrono do Liberty Project, que promove discussões em torno da liberdade de expressão nos Estados Unidos. De acordo com o MSI Health Impact Calculator, uma ferramenta desenvolvida para medir o impacto dos programas de saúde reprodutiva, os produtos e serviços da DKT evitaram cerca de 11,3 milhões de gestações, 49.000 mortes maternas e 12,8 milhões de abortos inseguros. Os destaques do relatório Impacto por país da DKT revelam que a DKT Indonésia evitou mais de 1,9 milhão de gravidezes indesejadas e a DKT Nigéria evitou mais de 17.000 mortes infantis em 2020.

E então aparece no documentário uma jovem ginecologista que cuida de um programa lá na Índia. A moça é nascida e criada na região, onde a mulher tem um papel de total submissão. Quando questionada sobre conflitos morais pelo fato da pornografia financiar seu trabalho social, ela é clara e responde com um sorriso:

– Esta gente aqui precisa disso. Não há qualquer problema moral.

O documentário vai então para o set de filmagem e entrevista o ator e as atrizes pornô sobre a sensação de saber que parte dos lucros daquele filme ajudaria milhares de pessoas em situação de pobreza extrema pelo mundo. E o ator principal diz assim, ó:

– Faz com que eu me sinta parte de uma engrenagem que está causando impacto positivo no mundo.

Cara, é muito louca a contraposição das cenas da produção do filme pornô na Califórnia com as cenas dos miseráveis na Índia. Bota os miolos da gente pra fritar…

Eu botei o link pro vídeo aqui no roteiro deste programa no portalcafebrasil.com.br.

Polêmico, inovador, inquieto… Esse é Phil Harvey, que mudou a história de milhões de pessoas nas regiões mais pobres do planeta. Você talvez não consiga compreender a dimensão desse trabalho, mas eu insisto: tente imaginar como é a vida num lugar onde 120 milhões de pessoas sobrevivem com cerca de dois reais por dia cara! Essa é uma realidade fora de nossa capacidade de compreensão, que exige medidas que para nós são chocantes.

E aproveite que está no ar a Escola Itaú Cultural, plataforma que nasce com o objetivo de desenvolver ações de formação nas diversas áreas de atuação da organização; promover acesso ao conhecimento nos campos da arte e da cultura e trocar conhecimento e multiplicá-lo. São cursos gratuitos nas modalidades pós-graduação, cursos de extensão e cursos livres. Para se inscrever em um curso mediado, basta entrar no site da Escola Itaú Cultural, criar um usuário, escolher o curso e preencher a ficha de inscrição.

Acesse itaucultural.org.br. Agora você tem cultura entrando por aqui, pelos olhos e pelos ouvidos…

Muito bem. Este programa contou a história do empreendedor que deu origem à DKT International e por consequência, à DKT do Brasil, que desde 2013 patrocinou o Podcast Café Brasil, nos ajudando a expandir nossas atividades, construir nosso estúdio, montar o Café Brasil Premium e tanta coisa mais.

Agora a DKT está mudando seu planejamento de marketing e deixa de ser o nosso patrocinador. Foi uma aventura e tanto acompanhar a expansão da empresa nestes oito anos, até ela se tornar a número um em preservativos no Brasil. Cara: a gente fez parte dessa história. Nesse período, entregamos cerca de 350 kits DKT para nossos ouvintes e nos divertimos um bocado com a brincadeira do “na hora do amor, use Prudence”.

Eu quero agradecer profundamente à DKT e a meu amigo Daniel Marun pela confiança durante estes anos, torcendo para que eles cresçam e conquistem ainda muito mais!

A história de Phil Harvey é uma lição de como encarar os problemas complexos de forma prática e objetiva. De como não se submeter aos preconceitos e censuras da sociedade. E de como transformar uma ação comercial num projeto de imenso alcance social, mesmo que para isso seja necessário brigar na justiça. Da próxima vez que você for naquele sex shop em busca de um brinquedinho, dá uma olhada lá. Vê se ele não é da Adam & Eve. Da próxima vez que for comprar preservativos, veja se a marca é Prudence.

E quando você estiver lá no bem bom, talvez você pense assim: “Pô, meu! Tá bom isso aqui e eu ainda tô ajudando os pobres da Índia, da África e da América Latina!”

Acesse sempre dkt.com.br para tomar contato com mais detalhes dessa história.

Camisinha
Riachão

Arranjei uma namorada na banda do norte
A menina era de morte era bonitinha
Me disse: se quiser fazer amor com ela
Você tem que arranjar também a camisinha

Você que ouve rádio o ano inteiro
E também no estrangeiro e na televisão
Fica insistindo com a sua teimosia
No corpo de Maria sem camisa não

Pois então, é com o baiano Clementino Rodrigues, o Riachão e a sua melô Camisinha, que você ouviu por oito anos na propaganda da DKT, que vamos saindo inspirados.

Obrigado DKT. E não se esqueça: na hora do amor, use Prudence!

Ah, lembrando, né? Agora nós temos um novo espaço para um patrocinador das mensagens dos ouvintes. Que tal se for sua empresa, hein?

Que programa safadinho, né? Talvez você tenha ficado chocado com o tema deste programa, ou até com as músicas. Se ficou, é natural. Foi feito pra chocar mesmo. Eu só espero não ter derrubado o seu disjuntor e impedido que você entenda a mensagem. É possível mudar o mundo se você tiver coragem!

O Café Brasil é produzido por quatro pessoas. Eu, Luciano Pires, na direção e apresentação, Lalá Moreira na técnica, Ciça Camargo na produção e, é claro, você aí, completando o ciclo.

E temos agora nossa lojinha. Entra lá, ó: lojadoluciano.com. Tem umas camistas dos programas musicais do Café Brasil que são uma doidera, cara! Dá uma olhada lá e você vai ver que maravilha que é. lojadoluciano.com.

O conteúdo do Café Brasil pode chegar ao vivo em sua empresa através de minhas palestras. Acesse lucianopires.com.br e vamos com um cafezinho ao vivo.

De onde veio este programa tem muito mais, especialmente para quem assina o cafebrasilpremium.com.br, a nossa “Netflix do Conhecimento”. Cara! Vai lá. Tem muito material, tem gente de primeira linha, tem um grupo no Telegram que é uma delícia. Se você acessar confraria.cafe, vai conhecer todos os planos. Vem com a gente!

Mande um comentário de voz pelo WhatSapp no 11 96429 4746. E também estamos no Telegram, com o grupo Café Brasil.

Pra terminar, uma frase de Woody Allen:

Sexo é a coisa mais divertida que eu já fiz sem rir.