s

Cafezinho do Café Brasil

Portal Café Brasil
Cafezinho 514 – Saia da Zona da Indiferença

Zona da Indiferença é uma área onde quando forçados a confrontar as questões que não conseguem determinar o preto e o branco, como as pessoas costumam cruzar os braços. Ficam no cinza: indiferentes.

| 08/08/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 512 – O calo do dono

Por muito tempo nos queixamos que não tínhamos liberdade de escolha, que éramos colonizados pelos conteúdos que meia dúzia de empresas distribuíam, que faziam com que a sociedade não tivesse liberdade de escolha e, portanto, seguisse uma cartilha hegemônica.

| 01/08/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 511 – Estupidez induzida

Ter acesso à informação não vale de nada se não temos instrumentos intelectuais para transformar essa informação em conhecimento.

| 29/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 510 – Ingênuos, céticos e cínicos

E no fim é isso mesmo, o papel da liderança é interpretar as expectativas e carências de cada um e tentar ajustá-los ao grupo.

| 25/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 509 – A moça da Gol

Resolva o problema do cliente. Mas antes de qualquer coisa, faça com que ele perceba que alguém se importa com ele.

| 22/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 508 – O mais do mesmo

TikTok está aos poucos estragando todas as plataformas digitais. O Twitter criou recentemente uma timeline baseada em vídeos curtos. O Instagram mudou completamente a proposta inicial para vídeos curtos e stories em vídeos.

| 18/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 507 – O monstro é …ista

Chegamos a um estado das coisas em que o sujeito é mais ou menos monstro dependendo de em quem ele votou.

| 15/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 506 – O cagonauta

Cagonautas são os sujeitos que passam a vida rodeados de cagões. E os bons cagonautas cumprem pelo menos quatro regras:

| 11/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 505 – A república dos ogros.

A palavra incivilidade é derivada do significado latino “não oriundo de um cidadão”. Civilidade, portanto, compreende a forma como a pessoa gostaria ou acha que deveria ser tratada e como ela trata o próximo.

| 08/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 504 – (Des)honestidade intelectual

Mesmo num debate entre pontos de vista diferentes, tem de haver uma ética. Que parta do princípio de que os dois lados estão sendo honestos aos fatos. Tudo bem interpretar os fatos de forma diferente, é assim mesmo que funciona, mas eu disse in-ter-pre-tar.

| 04/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 503 – Quantos anos tenho?

Tenho os anos necessários para perder o medo e fazer o que quero e o que sinto.

| 01/07/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 501 – Libere o elefante!

Na sociedade, o ginete são as minorias militantes que sabem que precisam visar a maioria passiva. Os elefantes.

| 24/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 500 – Os mortos-vivos

Esse é o preço da liberdade: conviver com gente com quem não concordamos. Ouvir os maiores absurdos. Assistir gente ignorante, maldosa e até mesmo canalha, pintando e bordando na internet.

| 20/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 499 – Por favor, diga-me não!

Quando o “não” não vem, é substituído por um silêncio sepulcral, pela não-resposta, indica que estou recebendo o pior dos sentimentos: a indiferença. Para a pessoa, eu não existo. Fico num vácuo.

| 17/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 498 – Cuidado comigo. Sou de direita.

A intolerância é muito maior na geração que mais teve liberdade na história da humanidade, a que se diz a mais tolerante, mas não perde uma oportunidade de cassar a voz de quem pensa diferente.

| 13/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 497 – O caso dos comprimidos envenenados.

No próximo dia 29 de setembro, completaremos 40 anos de um crime que chocou o mundo. Naquele dia, em 1982, três mortes foram registradas por envenenamento com cianeto de potássio em um subúrbio de Chicago. Descobriu-se que os três mortos haviam tomado um comprimido de Tylenol.

| 09/06/2022 - Luciano Pires