s

Cafezinho do Café Brasil

Portal Café Brasil
Cafezinho 501 – Libere o elefante!

Na sociedade, o ginete são as minorias militantes que sabem que precisam visar a maioria passiva. Os elefantes.

| 24/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 500 – Os mortos-vivos

Esse é o preço da liberdade: conviver com gente com quem não concordamos. Ouvir os maiores absurdos. Assistir gente ignorante, maldosa e até mesmo canalha, pintando e bordando na internet.

| 20/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 499 – Por favor, diga-me não!

Quando o “não” não vem, é substituído por um silêncio sepulcral, pela não-resposta, indica que estou recebendo o pior dos sentimentos: a indiferença. Para a pessoa, eu não existo. Fico num vácuo.

| 17/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 498 – Cuidado comigo. Sou de direita.

A intolerância é muito maior na geração que mais teve liberdade na história da humanidade, a que se diz a mais tolerante, mas não perde uma oportunidade de cassar a voz de quem pensa diferente.

| 13/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 497 – O caso dos comprimidos envenenados.

No próximo dia 29 de setembro, completaremos 40 anos de um crime que chocou o mundo. Naquele dia, em 1982, três mortes foram registradas por envenenamento com cianeto de potássio em um subúrbio de Chicago. Descobriu-se que os três mortos haviam tomado um comprimido de Tylenol.

| 09/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 496 – Bum! Nocaute!

Um dos grandes desafios nos nossos processos de tomada de decisão é quando os cenários mudam. Por qualquer razão. Pode ser por uma crise econômica, por uma mudança nos consumidores, pelo surgimento de uma tecnologia nova, pela aparição de um concorrente. É como quando estamos relaxados boiando na piscina e alguém faz onda. Atrapalha tudo, não é? Tem gente que se perde, e tem gente que não se aperta.

| 06/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 495 – Elon Musk tá em todas

Um documentário na Netflix dá bem uma ideia de como funciona a cabeça de Elon Musk. Ele é um visionário que consegue, a partir de sua fortuna, colocar em prática as ideias mais absurdas, e com isso causa revoluções. Musk usa o risco a seu favor.

| 04/06/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 494 – Seu trabalho é barbada

Quando as pessoas não entendem o que você faz, fica muito difícil que aceitem suas limitações, avaliem suas possibilidades e valorizem seu trabalho. E fica mais difícil ainda que cheguem a um entendimento.

| 30/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 493 – O viés de confirmação

Você já ouviu falar no viés de confirmação? Ele acontece quando uma pessoa interpreta uma situação de acordo com suas próprias crenças pré-existentes.

| 27/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 492 – Fique parado e morra.

O recado é: mexa-se! Mas pra onde? Pra qualquer lado? De qualquer jeito? A qualquer custo? Olha, mexer-se é que é o negócio…mas se você puder se mexer na direção de algo produtivo, é melhor ainda.

| 23/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 491 – Os malabaristas eleitorais

Observando a corrida eleitoral, com os malabarismos que os marqueteiros exigem de cada candidato, tentando transformar ogros em cavalheiros, ladrões em salvadores da pátria e estúpidos em luminares, uma reflexão sobre contextos é necessária.

| 20/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 490 – Seja ignorante, por favor!

A única certeza que podemos ter é que nas questões complexas, é praticamente impossível ter certezas.

| 16/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 489 – Lucrando na crise

Há muito tempo compreendi que as pessoas apreendem melhor os conteúdos quando eles nos são apresentados do mesmo modo como a vida é: cheia de imprevistos.

| 13/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 488 – Quanta porcaria.

Parece que estamos sob um surto psicótico planetário, que destruiu completamente nossa capacidade de dar valor àquilo que tem valor. Valor passou a ser atributo dado pelo mercado, e só pelo mercado, às porcarias que ele quer vender pra você.

| 09/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 487 – A ditadura de precisão

Foi-se o tempo da truculência, do tiro, porrada e bomba. Foi-se o tempo do bandido vestido de preto, com o mocinho vestido de branco. Agora o mal está dissimulado, você vive ao lado dele, acorda com ele, dorme com ele, tem aulas com ele, responde pra ele, sem perceber que é ele.

| 06/05/2022 - Luciano Pires
Cafezinho 486 – Ostracismo Social neles!

“Ostracismo social”, sem precisar botar fogo em ônibus, sair na porrada com a polícia, invadir prédios públicos…. apenas a reação legítima da sociedade contra quem não demonstra dignidade no exercício de seu mandato, chamando-os pelos nomes que eles têm.

| 02/05/2022 - Luciano Pires