s

Todo conteúdo do Café Brasil

Iscas Intelectuais
Pax Aeterna
Gustavo Bertoche - É preciso lançar pontes.

Maquiavel é, com alguma freqüência, considerado o primeiro cientista político moderno: nas suas análises, ele teria sido um dos primeiros a rejeitar tanto uma concepção metafísica da natureza humana quanto uma filosofia sistemática da História. O fiorentino teria procurado descobrir na própria narrativa da História, a partir de um raciocínio indutivo, as leis da ação […]

| 27/10/2021 - Gustavo Bertoche em É preciso lançar pontes.
O caso é o caso
Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas

Sobre a morte do assassino nojento, tudo já já foi dito; Fidel Castro foi tarde e deve estar devidamente instalado no caldeirão-suíte número 13, com aquecedor forte, decoração vermelha e vista pro trono do capeta – não mais a dizer. Idem sobre a “revolução” cubana de 1959, que trocou um ditador, Fulgêncio Batista, por outro […]

| 02/12/2016 - Fernando Lopes em Iscas Politicrônicas
Divorciados da história
Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro

Isca Intelectual de Adalberto Piotto, lembrando que temos um grande problema que se sobrepõe a todos os outros quando pretendemos falar de presente e de futuro no Brasil: somos divorciados de nosso passado.

| 21/08/2016 - Adalberto Piotto em Olhar Brasileiro
Café Brasil 517 – Música e Ditadura Revisitado

Prepare-se. Hoje vamos às trevas. Este  programa é a refação do programa 44 , publicado originalmente em 2007 e que trata de ditadura, censura e música popular brasileira.  A arte como expressão da liberdade. Posso entrar? Amigo, amiga, não importa quem seja, bom dia, boa tarde, boa noite, este é o Café Brasil e eu […]

| 19/07/2016 - Luciano Pires
Café Brasil 044 – Música e Ditadura

Que tal um mergulhinho nas trevas? O podcast da semana trata de música e ditadura. Fala dos artistas que resistiram ao governo militar e tiveram suas músicas censuradas. Recria o discurso de Marcio Moreira Alves que foi o estopim para a promulgação do Ato Institucional Nr. 5. Na trilha sonora, documentos importantes. Chico cantando seu disfarce Julinho de Adelaide, Jorge Maravilha. MP4 com Betinho cantando “O Bêbado e a equilibista”. Chico e Caetano com a “Bárbara” censurada. Vandré. Uma gravação rara de Sérgio Sampaio aloprando com seu bloco na rua. E a Tropicália com aquele discurso famoso de Caetano Veloso no festival de MPB. Esse programa ficou bom de verdade. Experimente.

| 02/07/2007 - Luciano Pires