s

Todo conteúdo do Café Brasil

Iscas Intelectuais
O exercício da perda
Tom Coelho - Sete Vidas

“Enquanto o poço não seca, não sabemos dar valor à água.” (Thomas Fuller)   Um dia você depara com a logomarca da empresa em que trabalha estampada numa página de revista, numa folha de jornal ou num outdoor. E seu rosto ganha contornos de um breve sorriso. Passando em frente à companhia, você admira a […]

| 19/11/2017 - Tom Coelho em Sete Vidas
Ensaio sobre a lágrima
Tom Coelho - Sete Vidas

“Chora, Tistu, chora. É preciso. As pessoas grandes não querem chorar, e fazem mal, porque as lágrimas gelam dentro delas, e o coração fica duro.” (Maurice Druon, em “O menino do dedo verde”)   Sempre apreciei a expressão “olhos marejados”. É, para mim, de uma beleza plástica incrível. Os olhos, as “janelas da alma”. E […]

| 10/07/2017 - Tom Coelho em Sete Vidas
Recordar é viver
Tom Coelho - Sete Vidas

“A vida é uma viagem a três estações: ação, experiência e recordação.” (Júlio Camargo)   Tenho por hábito reservar algumas horas nos últimos dias que antecedem minhas férias de final de ano para organizar papéis e arquivos diversos. São práticas triviais como descartar documentos cuja guarda é desnecessária, reunir materiais similares em pastas únicas, selecionar […]

| 18/12/2016 - Tom Coelho em Sete Vidas
O imponderável

Isca intelectual de Luciano Pires sobre ele, o destino, o imponderável, que vive à espreita, não respeita nossas vontades, não obedece nosso controle. Simplesmente aparece quando quer, toma conta da vida da gente, faz suas artes e pronto. Fim.

| 30/10/2015 - Luciano Pires