Videocasts Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 04

Videocast Nakata T02 04

Ciça Camargo -

 

INICIATIVA E ACABATIVA

Você reparou que problemas parecem bumerangues? Quando achamos estar livres, lá vêm eles de volta. E, junto com os problemas recorrentes, um exército de questões que exigem nossa atenção, como:

  • Lidar com pessoas;
  • Tomar decisões;
  • Traçar estratégias;
  • Implementar planos;
  • Ter jogo de cintura para acordos, negociações e conflitos;
  • Contar com valores e trocas.

Que trabalheira, não é? Não parece desmotivador? Mas sabe por que essas coisas vão e vêm? Tenho 5 bons motivos para explicar:

  1. Não há ninguém para assegurar que as decisões se transformem em ações

Se suas decisões não evoluem para ação, não há quem assegure que você está executando o prometido. Quantas vezes você decidiu que ia começar o regime alimentar na segunda feira? E ficou na decisão, sem ação?

  1. Esquecemos que, tomar decisões, não muda nada

Tem gente que acha que porque a decisão foi tomada, as coisas vão acontecer. Não vão. Só acontecem se houver ação.

  1. Planejamentos, reuniões e relatórios são confundidos com ações

Eles são essenciais para a tomada de ações, mas precisam ser transformados em ações. Quando você faz um plano, é como desenhar um mapa. É necessário, ajuda muito, mas só tem sentido se você cair na estrada.

  1. Ideias e conceitos complexos são considerados melhores, só por serem complexos.

Em minha experiência profissional, inúmeras vezes reparei que a solução para os problemas estava ali, dentro de casa, na mente das pessoas envolvidas com o problema, e não nas soluções complexas de terceiros. Que, convenhamos, são muito mais vistosas, custam muito mais caro e, na maioria das vezes, levam para o mesmo resultado das soluções simples.

  1. Chega de iniciativa! Precisamos de acabativa

De pró-atividade o mundo está cheio. Mas quantas pessoas levam esses projetos até o fim, e quantas deixam os planejamentos “morrerem na praia” por nunca encerrá-los? A pessoa mais bem-sucedida não é aquela que só traz novas ideias, mas aquela que abraça o projeto e o carrega até concluí-lo. Aquela que sabe que agir é alma do negócio.

Estamos rodeados por gente cheia de iniciativa, mas sem acabativa. Para que serve quem tem iniciativa e não tem acabativa? Para começar os projetos e não terminar. Por isso, a acabativa, que ainda não existe nos dicionários, é fundamental.

E sabe como aplicá-la na sua rotina e na da sua empresa?

  • Pergunte por que antes de mergulhar no como realizar ações para solucionar problemas;
  • Não tome decisões, apenas. Levante-se, aja e faça acontecer;
  • A ação vale mais do que qualquer conceito elegante;
  • O erro é uma lição, e não há ação imune a falhas. Permita-se errar, mas aprenda com os erros;
  • Alimente seus medos, mas não a covardia. O medo é natural, ensina, protege, traz ponderações e bom senso. A covardia paralisa.
  • Conflitos geram discussões e novas respostas, são fundamentais para criação de novas ideias. O problema é permitir que se transformem em confronto. O confronto desvia o foco dos inimigos que estão lá fora, para os companheiros que estão aqui dentro. E perde-se tempo, energia, dinheiro e oportunidades na luta interna;
  • O que os líderes fazem, como aplicam seu tempo e alocam os seus recursos, importa. Todo líder é um professor de ética. Para o bem e para o mal. Seu comportamento determina se seus seguidores vão agir ou apenas contemplar.

Essas dicas são óbvias, mas eficientes. Experimente examinar seu dia a dia, sua relação com seus colegas, com seu líder, com seus clientes e fornecedores. Procure saber o que está impedindo que as coisas aconteçam.

Seja você o agente da mudança. Com muita iniciativa e ainda mais acabativa.