s
Videocasts Café Brasil
Por dentro das Big Techs
Por dentro das Big Techs
Alguma coisa está mudando na cultura do trabalho, e ...

Ver mais

Um pouquinho de história
Um pouquinho de história
Um pouquinho de história só para manter as coisas em ...

Ver mais

Não olhe para cima
Não olhe para cima
Não olhe para cima é uma comédia para ser levada a ...

Ver mais

Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Café Brasil 805 – O Estupro da Mente
Muito bem! No episódio passado, eu introduzi o conceito ...

Ver mais

Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
Café Brasil 804 – Psicose de formação em massa
O termo Mass Formation Psychosis, psicose de formação ...

Ver mais

Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
Café Brasil 803 – Enquanto houver sol
E aí? Pronto pro ano novo? Tá complicado, é? Muita ...

Ver mais

Café Brasil 802 – A Lei de Lindy
Café Brasil 802 – A Lei de Lindy
Olhe pela janela... o que restará daqui a 100 anos, de ...

Ver mais

LíderCast 227 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
LíderCast 227 – Leticia Zamperlini e Cristian Lohbauer
No programa de hoje temos Leticia Zamperlini e Cristian ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Hoje bato um papo muito interessante com Leandro Bueno, ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Predicáveis: Classificação e Números (parte 4)
Alexandre Gomes
Os PREDICÁVEIS representam a mais completa classificação das relações que podem ser afirmadas DE UM PREDICADO. em relação a um sujeito, TANTO QUANTO as categorias (do ser) são a mais completa ...

Ver mais

Expectativas em relação à China
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Expectativas em relação à China “Embora ainda seja prematuro especular sobre os delineamentos básicos de uma nova e inevitável ordem internacional, a evolução dos acontecimentos parece apontar ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Formas Proposicionais A E I O (parte 3)
Alexandre Gomes
As distinções apresentadas na lição anterior são as bases da CONCEITUAÇÃO e do MANEJO das proposições. Usando a qualidade, ou tanto a quantidade quanto a modalidade, como base, TODA PROPOSIÇÃO ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Características das Proposições (parte 2)
Alexandre Gomes
As PROPOSIÇÕES podem ser agrupadas por cinco características; e cada uma dessas se divide em duas classes. As cinco características são: a) referência à realidade, b) quantidade, c) qualidade, d) ...

Ver mais

Cafezinho 457 – Eu não sabia
Cafezinho 457 – Eu não sabia
O jornalista, crítico da mídia e filósofo amador ...

Ver mais

Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Cafezinho 456 – Humildade na liderança
Quando você mistura ignorância com arrogância, pitadas ...

Ver mais

Cafezinho 455 – Para pensar direito
Cafezinho 455 – Para pensar direito
George Orwell escreveu: "Se as idéias corrompem a ...

Ver mais

Cafezinho 454 – A tecnologia mata a paciência
Cafezinho 454 – A tecnologia mata a paciência
A vida é curta demais pra gente ficar esperando. Mas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08

Videocast Nakata T02 08

Ciça Camargo -

SEDUÇÃO DO CLIENTE

Já falei sobre a importância de ser uma pessoa nutritiva. Vamos agora nos aprofundar um pouco mais no assunto. O ser nutritivo, além de divertido, informado, confiável e articulado, pode focar as suas qualidades em 3 dimensões diferentes.

Nutritivo para o corpo

Minha professora de pilates é nutritiva para meu corpo, por exemplo. A pessoa que eu amo, no momento de intimidade, também!

Nutritivo para a mente

O escritor, o compositor, o artista, o professor, o mentor, aquela pessoa que me traz conhecimento, me faz refletir, é nutritiva para minha mente.

Nutritivo para a alma

Naquele momento de dor, de desorientação, de colapso emocional, a pessoa que surge com as palavras que confortam, orientam, renovam nossas esperanças, é nutritiva para a alma.

Corpo, mente e alma. Reflita um pouco: em qual dessa áreas você é nutritivo para outras pessoas?

Só existe um momento no qual somos nutritivos para o corpo, a mente e a alma ao mesmo tempo.

Sabe em que momento isso ocorre? Quando nos apaixonamos.

Quando apaixonados, vemos apenas o melhor na outra pessoa, que nos faz bem para o corpo, a alma, a mente. Queremos a pessoa por perto, estar com ela nos faz bem, e quando longe, sentimos saudade.

No mundo dos negócios não é diferente. Quero que meus clientes se apaixonem por mim!

Um fornecedor nutritivo provoca paixão em seus clientes, que vão não apenas fazer negócios com ele, mas recomendá-lo para todo mundo.

E você pode trabalhar esse tipo de qualidade. Mas compreenda que, para seduzir alguém (seus clientes, neste caso), você deve focar em dois elementos.

  1. Você e o que existe de sedutor em você

Pense, primeiramente, no seu diferencial. As pessoas procuram você por qual motivo? Você consegue encantar as pessoas com as palavras? Com sua inteligência? Simpatia? Você resolve problemas? De que forma? O que é que você tem de melhor para provocar a paixão das pessoas?

  1. Seu alvo e as ações que penetrarão suas defesas

Você estudou seu cliente para entender como penetrar em suas defesas? TO que é que ele procura? Um preço vantajoso? Qualidade no produto? Prazos melhores?

É impossível vencer as defesas do cliente se você não o conhece, não se coloca no lugar dele, não procura entender quais são suas expectativas.

Personalidade: o nome do jogo

O atributo que mais pode ajudar você a fazer com que as pessoas se apaixonem, é um que todo mundo tem: personalidade.

O industrial norte americano Charles M. Schwab disse uma vez:

 A personalidade está para o homem assim como o perfume está para a flor.

Genial, não? Antes mesmo de se aproximar de uma flor, de vê-la e tocá-la, você é capaz de sentir o aroma que ela emana. Com pessoas é igual, e não me refiro ao cheiro… Você já imagina como é a personalidade de alguém ao se aproximar dela, ao observá-la. Seus trejeitos, suas roupas, seu vocabulário, suas ações… tudo são pistas sobre a personalidade de alguém.

Pois é. Personalidade todo mundo tem, e há quem sobra do “complexo de Gabriela”, que ficou famoso com a música Modinha para Gabriela, de Dorival Caymmi:

Eu nasci assim, eu cresci assim

Eu sou mesmo assim

Vou ser sempre assim

Será? Não. Não precisa ser assim. Você pode, a partir de uma profunda reflexão, de uma análise interna, de observar como você reage, no que você é bom, onde precisa melhorar, ir moldando sua personalidade na direção de se tornar alguém perto de quem as pessoas queiram estar.

Alguém nutritivo.

Entendeu? A mudança começa dentro de você.