s
Videocasts Café Brasil
Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Como se proteger da manipulação das mídias
Como se proteger da manipulação das mídias
Descubra o passo a passo para se proteger das mentiras, ...

Ver mais

Café Brasil 774 – Adversário x Inimigo
Café Brasil 774 – Adversário x Inimigo
Publiquei um post em minha página do Facebook, dizendo ...

Ver mais

Café Brasil 773 – Falando sobre nação – Revisitado
Café Brasil 773 – Falando sobre nação – Revisitado
O Brasil é um grande país, que precisa de um povo unido ...

Ver mais

Café Brasil 772 – ComunicaAgro – Live com Tejon
Café Brasil 772 – ComunicaAgro – Live com Tejon
Um dia, descobri que grande parte dos ouvintes do ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Café Brasil 758 – LíderCast César Menotti
Há muito tempo tínhamos a ideia de trazer para o ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Entulho? Só quando convém
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Nestes tempos estranhos, algumas expressões da moda são muito ridículas, reverberadas principalmente pelas redes sociais; as politicamente corretas geralmente são as piores. Mas há outras, como o ...

Ver mais

Conhecendo a história do Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Conhecendo a história do Brasil… por meio dos que contaram a história “A história é a justiça imparcial, mas tem a mania de chegar tarde.” Roberto Campos[1] Em artigo intitulado Livros para ...

Ver mais

Tributo a Jaime Lerner
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Tributo a Jaime Lerner Recebi, com enorme tristeza, a notícia do falecimento de Jaime Lerner, ocorrido em Curitiba, dia 27 de maio. Seu trabalho como urbanista é merecedor de reconhecimento tanto ...

Ver mais

Macrotendências
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Macrotendências: mudanças em curso  “As mortes totais causadas pelo terrorismo em todo o mundo despencaram 59% desde seu pico em 2014. No Ocidente, a ameaça presente é menos da violência islâmica ...

Ver mais

Cafezinho 395 – Ervas daninhas
Cafezinho 395 – Ervas daninhas
Afinal, em que tipo de solo você acha que brota a ...

Ver mais

Cafezinho 394 – Seu trabalho não nos interessa
Cafezinho 394 – Seu trabalho não nos interessa
Isso é o que eu chamo de “celebrar o fracasso”: ...

Ver mais

Cafezinho 393 – Velhos Ranzinzas
Cafezinho 393 – Velhos Ranzinzas
Se no reino animal é a degeneração física que torna os ...

Ver mais

Cafezinho 392 – Eu vou matar a rainha
Cafezinho 392 – Eu vou matar a rainha
Tem tanta mentira em volta da gente, que acabamos ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08

Videocast Nakata T02 08

Ciça Camargo -

SEDUÇÃO DO CLIENTE

Já falei sobre a importância de ser uma pessoa nutritiva. Vamos agora nos aprofundar um pouco mais no assunto. O ser nutritivo, além de divertido, informado, confiável e articulado, pode focar as suas qualidades em 3 dimensões diferentes.

Nutritivo para o corpo

Minha professora de pilates é nutritiva para meu corpo, por exemplo. A pessoa que eu amo, no momento de intimidade, também!

Nutritivo para a mente

O escritor, o compositor, o artista, o professor, o mentor, aquela pessoa que me traz conhecimento, me faz refletir, é nutritiva para minha mente.

Nutritivo para a alma

Naquele momento de dor, de desorientação, de colapso emocional, a pessoa que surge com as palavras que confortam, orientam, renovam nossas esperanças, é nutritiva para a alma.

Corpo, mente e alma. Reflita um pouco: em qual dessa áreas você é nutritivo para outras pessoas?

Só existe um momento no qual somos nutritivos para o corpo, a mente e a alma ao mesmo tempo.

Sabe em que momento isso ocorre? Quando nos apaixonamos.

Quando apaixonados, vemos apenas o melhor na outra pessoa, que nos faz bem para o corpo, a alma, a mente. Queremos a pessoa por perto, estar com ela nos faz bem, e quando longe, sentimos saudade.

No mundo dos negócios não é diferente. Quero que meus clientes se apaixonem por mim!

Um fornecedor nutritivo provoca paixão em seus clientes, que vão não apenas fazer negócios com ele, mas recomendá-lo para todo mundo.

E você pode trabalhar esse tipo de qualidade. Mas compreenda que, para seduzir alguém (seus clientes, neste caso), você deve focar em dois elementos.

  1. Você e o que existe de sedutor em você

Pense, primeiramente, no seu diferencial. As pessoas procuram você por qual motivo? Você consegue encantar as pessoas com as palavras? Com sua inteligência? Simpatia? Você resolve problemas? De que forma? O que é que você tem de melhor para provocar a paixão das pessoas?

  1. Seu alvo e as ações que penetrarão suas defesas

Você estudou seu cliente para entender como penetrar em suas defesas? TO que é que ele procura? Um preço vantajoso? Qualidade no produto? Prazos melhores?

É impossível vencer as defesas do cliente se você não o conhece, não se coloca no lugar dele, não procura entender quais são suas expectativas.

Personalidade: o nome do jogo

O atributo que mais pode ajudar você a fazer com que as pessoas se apaixonem, é um que todo mundo tem: personalidade.

O industrial norte americano Charles M. Schwab disse uma vez:

 A personalidade está para o homem assim como o perfume está para a flor.

Genial, não? Antes mesmo de se aproximar de uma flor, de vê-la e tocá-la, você é capaz de sentir o aroma que ela emana. Com pessoas é igual, e não me refiro ao cheiro… Você já imagina como é a personalidade de alguém ao se aproximar dela, ao observá-la. Seus trejeitos, suas roupas, seu vocabulário, suas ações… tudo são pistas sobre a personalidade de alguém.

Pois é. Personalidade todo mundo tem, e há quem sobra do “complexo de Gabriela”, que ficou famoso com a música Modinha para Gabriela, de Dorival Caymmi:

Eu nasci assim, eu cresci assim

Eu sou mesmo assim

Vou ser sempre assim

Será? Não. Não precisa ser assim. Você pode, a partir de uma profunda reflexão, de uma análise interna, de observar como você reage, no que você é bom, onde precisa melhorar, ir moldando sua personalidade na direção de se tornar alguém perto de quem as pessoas queiram estar.

Alguém nutritivo.

Entendeu? A mudança começa dentro de você.