s
Videocasts Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Café Brasil 725 – A revolução da mídia
Estamos protagonizando uma revolução nas mídias, com ...

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Isolamento social, ideologia e privilégio de classe
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A linguagem é dialética. Para apreender toda a extensão do que é dito, é preciso captar não só o seu significado explícito, mas também o que se oculta. Todos sabemos: em período de pandemia, é ...

Ver mais

Polêmica indesejável
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Polêmica indesejável “Eu sou o que me cerca. Se eu não preservar o que me cerca, eu não me preservo.” José Ortega y Gasset A aprovação do marco regulatório do saneamento pelo Senado, no dia 24 de ...

Ver mais

O fenômeno da fraude acadêmica no Brasil
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Existe um fenômeno curioso na cultura brasileira: a falsificação de credenciais acadêmicas. A mentira do novo ex-ministro da Educação, Carlos Decotelli, que afirma ter concluído um doutorado que ...

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Cafezinho 298 – Jogando luz sobre a incerteza
Os dias de incertezas que hoje vivemos, estão repletos ...

Ver mais

Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Cafezinho 297 – Empatia Positiva
Empatia positiva. Saborear a sensação boa do outro não ...

Ver mais

Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Cafezinho 296 – Conhecimento ao seu alcance
Se você tem acesso a informações que outras pessoas não ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10

Videocast Nakata T02 10

Ciça Camargo -

REFLETINDO SOBRE LIDERANÇA

“Todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode às seis horas da manhã…”

O versinho escrito e cantado por Chico Buarque esconde muito mais pérolas do que as rimas cadenciadas. Quer ver?

Eu já falei 75% do que fazemos ao longo do dia é repetir o que fizemos no dia anterior. Assim é perfeitamente natural que desenvolvamos hábitos. E hábitos nada mais são que:

“Comportamentos que aprendemos e repetimos frequentemente, sem pensar como executá-los. Usos, costumes; maneira de viver; modo constante de comportar-se, de agir.”

Vou repetir aqui os pontos mais importantes: comportamentos que repetirmos sem pensar como executá-los. Entendeu? Repetir sem pensar.

E isso tem tudo a ver com a forma como o nosso cérebro funciona.

As duas medidas do hábito no cotidiano

Hábitos são fundamentais, pois nos ajudam a economizar energia. Quando adquirimos um hábito, não precisamos mais gastar neurônios fazendo escolhas, pensando em como agir. Entra no automático e nossa mente pode se dedicar a atividades outras. Habitos nos ajudam a sobreviver.

Quem aprendeu a dirigir um automóvel sabe como é. Quando criança, olhando seus pais dirigindo, aquela dança de troca de marchas e pedais e retrovisores, parece impossível! Mas aí você aprende e, com a prática, nem se dá conta do que está  fazendo enquanto conduz o carro. Virou hábito.

Com isso, podemos pensar naquele “repetir sem pensar como executar”, que pode rapidamente se transformar em algo negativo. Vamos ver.

A estabilidade do ambiente de fábrica

Uma fábrica é um lugar que produz um produto ou serviço, é cheio de controle e medições, possui foco na redução de custos e onde alguém diz a você o que fazer.

Identificou-se com essa definição? E não precisa ser um ambiente de uma fábrica cheia de máquinas. Qualquer empresa que siga essa definição pode ser considerada uma fábrica, até mesmo um escritório de advocacia, uma clínica ou um banco.

E fábricas dependem de estabilidade. Precisam de uma rotina que torne tudo previsível e controlado.

Num ambiente de rotinas, com o tempo, sem perceber você pode se transformar num robô, numa engrenagem que, caso aparente algum problema, pode ser facilmente substituída.

Viu como o hábito pode ser útil e prejudicial ao mesmo tempo? Onde está a saída?

Não deixe que a repetição limite a sua imaginação ou que incapacite o surgimento de novas ideias. Você tem que ser o elemento que agrega valor, que traz ideias, que busca incessantemente novas formas de ser mais produtivo. Agindo assim, mesmo sendo apenas uma engrenagem, será a engrenagem indispensável!

Foi Erasmo de Roterdã quem um dia disse que “Não há nada tão absurdo que o hábito não torne aceitável.”

Entendeu? O conformismo, a repetição, a limitação… Tudo isso faz com que absurdos passem a se tornar aceitáveis! Precisa chegar alguém de fora para nos abrir os olhos para uma atitude, um processo, um comportamento que não é mudado pois entrou na rotina e nos acostumamos com ele.

Portanto, temos que ser mais que bovinos resignados. Aqueles que se conformam e aceitam, repetem suas ações indefinidamente e nunca saem do lugar. Mas tenha em mente uma coisa: pessoas criativas, que questionam, devem entender que ambientes estáveis são resistentes a mudanças. Não gostam de quem inova, pois a inovação implica em mudanças. E mudanças provocam instabilidades. Tudo aquilo que a fábrica não quer, perceba?  

Por isso é fundamental aprender a argumentar. E, como um lutador de MMA, saber resistir aos golpes que com certeza virão.

Pense nisso. Só mudamos nossas vidas quando questionamos nossos hábitos e, em vez de amarras, os transformamos em ferramentas para aumentar nossa produtividade.