s
Iscas Intelectuais
Corrente pra trás
Corrente pra trás
O que vai a seguir é um capítulo de meu livro ...

Ver mais

O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
O que é um “bom” número de downloads para podcasts?
A Omny Studio, plataforma global na qual publico meus ...

Ver mais

O campeão
O campeão
Morreu Zagallo. Morreu o futebol brasileiro que aprendi ...

Ver mais

O potencial dos microinfluenciadores
O potencial dos microinfluenciadores
O potencial das personalidades digitais para as marcas ...

Ver mais

Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
Café Brasil 935 – O que faz a sua cabeça?
É improvável – embora não impossível – que os ...

Ver mais

Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Café Brasil 934  – A Arte de Viver
Durante o mais recente encontro do meu Mastermind MLA – ...

Ver mais

Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
Café Brasil 933 – A ilusão de transparência
A ilusão de transparência é uma armadilha comum em que ...

Ver mais

Café Brasil 932 – Não se renda
Café Brasil 932 – Não se renda
Em "Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith", ...

Ver mais

LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
LíderCast 329 – Bruno Gonçalves
O convidado de hoje é Bruno Gonçalves, um profissional ...

Ver mais

LíderCast 328 – Criss Paiva
LíderCast 328 – Criss Paiva
A convidada de hoje é a Criss Paiva, professora, ...

Ver mais

LíderCast 327 – Pedro Cucco
LíderCast 327 – Pedro Cucco
327 – O convidado de hoje é Pedro Cucco, Diretor na ...

Ver mais

LíderCast 326 – Yuri Trafane
LíderCast 326 – Yuri Trafane
O convidado de hoje é Yuri Trafane, sócio da Ynner ...

Ver mais

Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda Live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola
Segunda live do Café Com Leite, com Alessandro Loiola, ...

Ver mais

Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live Café Com Leite com Roberto Motta
Live inaugural da série Café Com Leite Na Escola, ...

Ver mais

Café² – Live com Christian Gurtner
Café² – Live com Christian Gurtner
O Café², live eventual que faço com o Christian ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Rubens Ricupero
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Memórias de um grande protagonista   “Sem as cartas, não seríamos capazes de imaginar o fervor com que sentíamos e pensávamos aos vinte anos. Já quase não se escrevem mais cartas de amor, ...

Ver mais

Vida longa ao Real!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vida longa ao Real!   “A população percebe que é a obrigação de um governo e é um direito do cidadão a preservação do poder de compra da sua renda. E é um dever e uma obrigação do ...

Ver mais

A Lei de Say e a situação fiscal no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Lei de Say e o preocupante quadro fiscal brasileiro   “Uma das medidas essenciais para tirar o governo da rota do endividamento insustentável é a revisão das vinculações de despesas ...

Ver mais

Protagonismo das economias asiáticas
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Protagonismo das economias asiáticas   “Os eleitores da Índia − muitos deles pobres, com baixa escolaridade e vulneráveis, sendo que um em cada quatro é analfabeto − votaram a favor de ...

Ver mais

Cafezinho 633 – O Debate
Cafezinho 633 – O Debate
A partir do primeiro debate entre Trump e Biden em ...

Ver mais

Cafezinho 632 – A quilha moral
Cafezinho 632 – A quilha moral
Sua identidade não vem de suas afiliações, ou de seus ...

Ver mais

Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
Cafezinho 631 – Quem ousa mudar?
O episódio de hoje foi inspirado num comentário que um ...

Ver mais

Cafezinho 630 – Medo da morte
Cafezinho 630 – Medo da morte
Na reunião do meu Mastermind na semana passada, a ...

Ver mais

Samba no céu

Samba no céu

Chiquinho Rodrigues -

Por volta dos anos 90 a Som Livre lançou um álbum com o infeliz nome de “Samba no Céu”. Eu me lembro de alguns nomes como Elis, Cartola, Pixinguinha, Gonzaguinha e outros artistas que já haviam morrido fazendo parte desse estranho elenco.

Fico pensando então no puta som que deve rolar de vez em quando lá em cima com tanta gente boa que já se foi.

Já imaginou uma banda regida por Duke Ellington com Jacob Pastorius ao baixo, Gene Krupa na batera, Joe Pass na guitarra, Elis, Sarah Vaugham, Billie Holiday, Ray Charles e Sinatra nos vocais, Bill Evans ou Jobim ao piano e o naipe de metais com Miles Davis, Louis Armstrong, Sony Rolins, Charlie Parker e Benny Carter?

Outro pensamento que me ocorre é qual o critério usado pra formarem-se bandas lá cima. Seria por estilos? Seria por nacionalidades, etnias, por números de discos vendidos ou por ordem de chegada ao céu?

Esse último critério me preocupa. Pois já imaginou se morro no mesmo dia que o Osvaldo Montenegro e tenho que passar a eternidade tocando aquela bosta toda na banda dele? (bom… isso acho que já seria o inferno,  né?)

Não sei bem ao certo porque lembrei disso agora. Mas deve ser porque li em meus scraps no orkut uma mensagem da Vilma (aquela do conto “Vilmoteca”) falando da Banda Revellion onde ambos tocamos.

Essa banda tinha um naipe de metais que deixou saudade!

Darcio, Luiz, Arruda, Tv, Sumé e Zé Gordo.

Eram todos muito bons. Mas o Zé gordo era um caso especial. A Vilma me contou que ela tem uma fita Vhs com um show da banda onde o Zé faz um solo de trumpete no standart Tenderly. Imperdível! (apesar de o instrumento dele ser sax).

Ela termina o scrap me dando uma notícia ruim. Escreve assim: “Ta sabendo do Zé, Chico? Foi arregimentado pro céu”

Esta é uma semana de tristes notícias.

Lembram do me amigo Dudu, contrabaixista que  eu cito no conto “Seis Vozes” ?

Lembram do cantor e compositor Carlos Kexo que está presente no meu conto “Limpa-se Mágoas” ?

Pois é, Vilma. Também eles foram esta semana arregimentados pelo Papai do Céu lá pra cima.

Convivi com o Dudu durante 42 anos e não me lembro de nenhuma palavra mais ácida que tenha saído da sua boca para com quem quer que fosse. Aprendi não só a ser um bom músico, como também uma pessoa melhor com esse convívio.

Fui visitá-lo há uns três meses (depois de uma complicada cirurgia) e passamos uma tarde maravilhosa de audição de vários Cds e Dvds que eu lhe levei de presente. Na hora de ir embora dei um abraço sincero e carinhoso em meu amigo. Eu não sabia que este seria o último. Pois se soubesse, teria dado um mais apertado e demorado.

Seja onde estiverem: Carlos Kexo, Zé Gordo e Dudu, tenho certeza que o som será dos melhores!

O meu coração está naqueles dias tristes e escuros.

Porém, a única coisa que me consola e empresta um pouco de paz ao meu espírito é saber que a esta altura com a chegada deles, o céu seguramente deve estar em festa.

Ver Todos os artigos de Chiquinho Rodrigues