s
Artigos Café Brasil
Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Palestra Planejamento Antifrágil
Palestra Planejamento Antifrágil
Aproveite o embalo, pois além de ouvir a história, você ...

Ver mais

Café Brasil 781 – Stalinismo tecnológico
Café Brasil 781 – Stalinismo tecnológico
Se você não é do ramo do marketing, da comunicação, da ...

Ver mais

Café Brasil 780 – LíderCast Barone & Priester
Café Brasil 780 – LíderCast Barone & Priester
Pronto. Chegou o dia de conversar com duas referências ...

Ver mais

Café Brasil 779 – Grávida? Você está demitida!
Café Brasil 779 – Grávida? Você está demitida!
Há quatro anos, uma amiga me relatou uma história ...

Ver mais

Café Brasil 778 – Cringe: a maldição dos Millennials
Café Brasil 778 – Cringe: a maldição dos Millennials
Um novo termo entrou em evidência: o cringe. A tradução ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Café Brasil 771 – LíderCast Aurelio Alfieri
Aurélio Alfieri é um educador físico e youtuber, ...

Ver mais

Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
Café Brasil 766 – LíderCast Ilona Becskeházy
E a educação brasileira, como é que vai, hein? Mal, não ...

Ver mais

Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Café Brasil 762 – LíderCast Alessandro Santana
Da mesma forma como o Youtube joga no colo da gente um ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Leitura cafezinho 303 – Cérebro médio
Escolha um tema quente, dê sua opinião e em seguida ...

Ver mais

Olímpica expectativa
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Olímpica expectativa “O esporte tem o poder de unificar, passar uma imagem de paz e resiliência, e nos dá esperança de seguir nossa jornada juntos.” Thomas Bach (Presidente do Comitê Olímpico ...

Ver mais

Economia do crime
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Economia do crime  O crime compensa?  “Na faculdade, fui atraído pelos problemas estudados por sociólogos e as técnicas analíticas utilizadas pelos economistas. Esses interesses começaram a se ...

Ver mais

Reprise
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Reprise  Já vi esse filme outras vezes… e não gostei do final A combinação de novas denúncias de irregularidades envolvendo membros do governo, o andamento da CPI da Covid e a sucessão de ...

Ver mais

O infalível ministro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A piada é antiga. Dá pra contar, se a turma do politicamente correto ainda não inventou o crime de lusofobia: A famosa cena bíblica do apedrejamento da adúltera, quando o Mestre teria dito… ...

Ver mais

Cafezinho 408 – Correlações e causalidades
Cafezinho 408 – Correlações e causalidades
Preste muita atenção nos discursos dos educadores, dos ...

Ver mais

Cafezinho 407 – A teoria do valor subjetivo
Cafezinho 407 – A teoria do valor subjetivo
Trocar um apartamento por um automóvel? Como assim?

Ver mais

Cafezinho 406 – Ressentimentos passivos
Cafezinho 406 – Ressentimentos passivos
Eu escolhi participar ativamente, usando as armas que tenho.

Ver mais

Cafezinho 405 – O babaca
Cafezinho 405 – O babaca
Qual tipo de reação você acha que levo em consideração ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil

Luciano Pires -

Algum tempo atrás fui procurado por um ouvinte, o Caio Cesar, que me apresentou um estudo realizado sobre a estrutura do discurso do Podcast Café Brasil. A princípio não entendi nada, mas depois fui me aprofundando… é inspirador, até mesmo assustador. A partir do texto de 30 programas, Caio aplicou um estudo das palavras mais ditas e, por associação, montou uma “arvore do discurso”, que é uma espécie de radiografia de tudo aquilo que o Podcast Café Brasil é. Não aquilo que eu digo que é, mas o que ele é.

E o resultado foi sensacional.

Abaixo, reproduzo o que Caio publicou em https://sobredados.com/estruturas-discurso-cafe-brasil/

______________________________________________________________________________

A postagem que trago para vocês hoje é um tanto quanto diferente da última, em que foi feito um comparativo entre as postagens do Bolsonaro e Jean Wyllys no Facebook. A publicação de hoje é uma parte de um trabalho realizado no segundo semestre de 2017, em que analisamos uma categoria de podcasts do Portal Café Brasil, com a finalidade de descobrir a estruturas de discurso nesses programas. O Portal Café Brasil é um ambiente que trabalha a educação continuada. Nesse portal diversas reflexões são publicadas sob forma de artigos, vídeos, podcasts e cartuns. Os temas tratam de vários aspectos da vida em sociedade. O Portal Café Brasil foi idealizado e é mantido pelo escritor e cartunista Luciano Pires. Então, se você não conhece o Café Brasil, dê uma passadinha por lá. Tenho certeza de que vai gostar.

Para a realização deste estudo foram escolhidos os podcasts da categoria Economia e Sociedade, por curiosidade, devido acreditar que diante do cenário político e econômico, visualizar a estrutura e vieses de toda a narrativa auxiliaria na compreensão da discussão. O recorte dos programas escolhidos para análise são apenas o da modalidade tradicional do portal, excluindo os cafezinhos, modalidade recente e de curta duração.

O material textual processado é resultado de um trabalho de mais de 10 anos, na maioria das vezes, reflexões acerca da realidade econômica e social brasileira. Tendo conhecimento desse fato, prezou se por utilizar a lematização das palavras em todas as análises deste trabalho. A lematização é ideal para que as análises estatísticas feitas pelo software não sejam afetadas pela variância do tempo verbal, e gênero das palavras, principalmente. Portanto, ao lematizar as palavras de cada podcast, reduzimos a uma só palavras todas as suas variações, viabilizando dessa forma análises extensas. Por exemplo: penso, pensei, pensarei, pensou, todas elas são reduzidas a pensar.

Tendo em vista o quantitativo de 30 programas recuperados na data de coleta (18/10/2017), foi pensado maneiras de visualizar a estrutura do discurso do Café Brasil na categoria Economia e Sociedade. Após fazer alguns testes, foi considerado como melhor opção a análise de similitude, que é concebida através de indicadores estatísticos que apresentam as relações entre as palavras, ou seja, forma uma ‘árvore’ de palavras com ramificações a partir da relação que uma tem com a outra. Como resultado, é apresentado um grafo com várias possibilidades de visualização da ligação entre as palavras. Por vez, nessa análise de similitude foi processado apenas os verbos, presentes em todo corpo de dados provenientes da descrição dos podcasts, com o objetivo de explicar a estrutura que constrói os discursos desse portal.

Observando o grafo de similitude, é possível descrever que existem alguns verbos predominantes durante o discurso e os verbos secundários que os acompanham separados por cores para facilitar a visualização. Aquele que estruturalmente e visualmente norteia o discurso é o que se encontra no centro desta representação e praticamente liga-se com quase todos os outros verbos predominantes deste mapa. Os verbos secundários são aqueles que dão forma e suporte a aquele que circundam.

É interessante analisar o verbo central, pois pode-se inferir alguns pontos relevantes, relativos a construção do discurso. Observando a representação de similitude, vemos que o verbo central possui ligações com outros verbos que podem nos indicar alguma coisa, temos: querer-dizer, querer-ver, querer-conhecer, querer-crescer, querer-ouvir, dentre outros. Os podcasts do Portal Café Brasil, sobre o tema desta pesquisa, procuram instigar debates, realizar discussões e provocar os ouvintes a sempre questionar sobre marcos históricos. Fato que pode ser comprovado pela importância dos relatos provindos de ouvintes, nos quais o apresentador sempre inicia os programas lendo, respondendo e introduzindo o tema daquele podcast a partir dos relatos.

O editorial do programa demonstra ter conhecimento de que o processo de assimilação do conteúdo não é simples e depende de outros processos, principalmente se é referente a discussões mais densas. Vemos isto em ligações entre verbos que dependem diretamente de outras ligações. Por exemplo, na representação de cor verde, para querer saber algo, é necessário passar, diretamente, pelo processo de querer ouvir. Outro exemplo, na mesma representação de cor verde, para querer perguntar algo, é necessário querer saber desse algo. O verbo central reforça a ideia de ação, principalmente analisando aos quais possuem relação direta (dizer, ver) e indireta (dar, ficar, falar, pensar, saber e etc.).

Entendeu?

Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ser provocado a QUERER dizer, fazer, ver, dar, saber…

É isso.