s
Artigos Café Brasil
Nem tudo se desfaz
Nem tudo se desfaz
Vale muito a pena ver a história da qual somos ...

Ver mais

Henrique Viana
Henrique Viana
O convidado para o LíderCast desta vez é Henrique ...

Ver mais

Deduzir ou induzir
Deduzir ou induzir
Veja a quantidade de gente que induz coisas, ...

Ver mais

Origem da Covid – seguindo as pistas
Origem da Covid – seguindo as pistas
Tradução automática feita pelo Google, de artigo de ...

Ver mais

Café Brasil 799 – Essa tal meritocracia
Café Brasil 799 – Essa tal meritocracia
Meritocracia, meritocracia... meritocracia... como tem ...

Ver mais

Café Brasil 798 – Raciocínios Perigosos – Revisitado
Café Brasil 798 – Raciocínios Perigosos – Revisitado
O Café Brasil de hoje é a releitura de um programa de ...

Ver mais

Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Café Brasil 797 – ‘Bora pra Retomada – com Lucia Helena Galvão
Tenho feito uma série de lives que chamei de ‘Bora pra ...

Ver mais

Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Café Brasil 796 – Maiorias Irrelevantes
Outro daqueles acidentes estúpidos vitimou mais uma ...

Ver mais

Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Café Brasil 793 – LíderCast Antônio Chaker
Hoje bato um papo com Antônio Chaker, que é o ...

Ver mais

Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Café Brasil 789 – LíderCast Osvaldo Pimentel – Monetizze
Hoje bato um papo com Osvaldo Pimentel, CEO da ...

Ver mais

Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Café Brasil 785 – LíderCast Leandro Bueno
Sabe quem ajuda este programa chegar até você? É a ...

Ver mais

Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Café Brasil 775 – LíderCast Henrique Viana – Brasil Paralelo
Um papo muito interessante com Henrique Viana, um jovem ...

Ver mais

Café na Panela – Luciana Pires
Café na Panela – Luciana Pires
Episódio piloto do projeto Café na Panela, com Luciana ...

Ver mais

Sem treta
Sem treta
A pessoa diz que gosta, mas não compartilha.

Ver mais

O cachorro de cinco pernas
O cachorro de cinco pernas
Quantas pernas um cachorro tem se você chamar o rabo de ...

Ver mais

Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
Leitura do Cafezinho 304 – (in) Tolerância
A intolerância é muito maior na geração que mais teve ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 5 – Proposições e sua Expressão Gramatical (parte 1)
Alexandre Gomes
DEFINIÇÕES E DISTINÇÕES Proposição e relação de termos. A proposição AFIRMA uma relação de termos. Em uma estrutura de palavras compostas de: um sujeito, uma cópula e um predicado. Os termos ...

Ver mais

A catástrofe circular da escola brasileira
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
A catástrofe circular da nossa escola: temos professores de fraca formação acadêmica, com salários miseráveis. Eles oferecem aos seus alunos pouca cultura e, por isso, não os elevam acima da ...

Ver mais

Quadrinhos em alta
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Quadrinhos em alta Apesar do início com publicações periódicas impressas para públicos específicos, as HQs não se limitam a atender às crianças. Há quadrinhos para adultos, de muita qualidade, em ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 4 – Tipos e Regras de Divisão Lógica (parte 7)
Alexandre Gomes
Antes de tratar das regras da divisão lógica – pois pode parecer mais importante saber as regras de divisão que os tipos de divisão – será útil revisar alguns tópicos já tratados para ...

Ver mais

Cafezinho 444 – Congestão mental
Cafezinho 444 – Congestão mental
Quanto de alimento intelectual você consegue entuchar ...

Ver mais

Cafezinho 443 –  O crime nosso de cada dia
Cafezinho 443 –  O crime nosso de cada dia
A sociedade norte americana está doente. E eles somos ...

Ver mais

Cafezinho 442 – Por que cultura é boa?
Cafezinho 442 – Por que cultura é boa?
A cultura é boa porque influencia diretamente a forma ...

Ver mais

Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
Cafezinho 441 – Qual cultura é melhor?
A baixa cultura faz crescer a bunda, melhorar o ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil

Luciano Pires -

Algum tempo atrás fui procurado por um ouvinte, o Caio Cesar, que me apresentou um estudo realizado sobre a estrutura do discurso do Podcast Café Brasil. A princípio não entendi nada, mas depois fui me aprofundando… é inspirador, até mesmo assustador. A partir do texto de 30 programas, Caio aplicou um estudo das palavras mais ditas e, por associação, montou uma “arvore do discurso”, que é uma espécie de radiografia de tudo aquilo que o Podcast Café Brasil é. Não aquilo que eu digo que é, mas o que ele é.

E o resultado foi sensacional.

Abaixo, reproduzo o que Caio publicou em https://sobredados.com/estruturas-discurso-cafe-brasil/

______________________________________________________________________________

A postagem que trago para vocês hoje é um tanto quanto diferente da última, em que foi feito um comparativo entre as postagens do Bolsonaro e Jean Wyllys no Facebook. A publicação de hoje é uma parte de um trabalho realizado no segundo semestre de 2017, em que analisamos uma categoria de podcasts do Portal Café Brasil, com a finalidade de descobrir a estruturas de discurso nesses programas. O Portal Café Brasil é um ambiente que trabalha a educação continuada. Nesse portal diversas reflexões são publicadas sob forma de artigos, vídeos, podcasts e cartuns. Os temas tratam de vários aspectos da vida em sociedade. O Portal Café Brasil foi idealizado e é mantido pelo escritor e cartunista Luciano Pires. Então, se você não conhece o Café Brasil, dê uma passadinha por lá. Tenho certeza de que vai gostar.

Para a realização deste estudo foram escolhidos os podcasts da categoria Economia e Sociedade, por curiosidade, devido acreditar que diante do cenário político e econômico, visualizar a estrutura e vieses de toda a narrativa auxiliaria na compreensão da discussão. O recorte dos programas escolhidos para análise são apenas o da modalidade tradicional do portal, excluindo os cafezinhos, modalidade recente e de curta duração.

O material textual processado é resultado de um trabalho de mais de 10 anos, na maioria das vezes, reflexões acerca da realidade econômica e social brasileira. Tendo conhecimento desse fato, prezou se por utilizar a lematização das palavras em todas as análises deste trabalho. A lematização é ideal para que as análises estatísticas feitas pelo software não sejam afetadas pela variância do tempo verbal, e gênero das palavras, principalmente. Portanto, ao lematizar as palavras de cada podcast, reduzimos a uma só palavras todas as suas variações, viabilizando dessa forma análises extensas. Por exemplo: penso, pensei, pensarei, pensou, todas elas são reduzidas a pensar.

Tendo em vista o quantitativo de 30 programas recuperados na data de coleta (18/10/2017), foi pensado maneiras de visualizar a estrutura do discurso do Café Brasil na categoria Economia e Sociedade. Após fazer alguns testes, foi considerado como melhor opção a análise de similitude, que é concebida através de indicadores estatísticos que apresentam as relações entre as palavras, ou seja, forma uma ‘árvore’ de palavras com ramificações a partir da relação que uma tem com a outra. Como resultado, é apresentado um grafo com várias possibilidades de visualização da ligação entre as palavras. Por vez, nessa análise de similitude foi processado apenas os verbos, presentes em todo corpo de dados provenientes da descrição dos podcasts, com o objetivo de explicar a estrutura que constrói os discursos desse portal.

Observando o grafo de similitude, é possível descrever que existem alguns verbos predominantes durante o discurso e os verbos secundários que os acompanham separados por cores para facilitar a visualização. Aquele que estruturalmente e visualmente norteia o discurso é o que se encontra no centro desta representação e praticamente liga-se com quase todos os outros verbos predominantes deste mapa. Os verbos secundários são aqueles que dão forma e suporte a aquele que circundam.

É interessante analisar o verbo central, pois pode-se inferir alguns pontos relevantes, relativos a construção do discurso. Observando a representação de similitude, vemos que o verbo central possui ligações com outros verbos que podem nos indicar alguma coisa, temos: querer-dizer, querer-ver, querer-conhecer, querer-crescer, querer-ouvir, dentre outros. Os podcasts do Portal Café Brasil, sobre o tema desta pesquisa, procuram instigar debates, realizar discussões e provocar os ouvintes a sempre questionar sobre marcos históricos. Fato que pode ser comprovado pela importância dos relatos provindos de ouvintes, nos quais o apresentador sempre inicia os programas lendo, respondendo e introduzindo o tema daquele podcast a partir dos relatos.

O editorial do programa demonstra ter conhecimento de que o processo de assimilação do conteúdo não é simples e depende de outros processos, principalmente se é referente a discussões mais densas. Vemos isto em ligações entre verbos que dependem diretamente de outras ligações. Por exemplo, na representação de cor verde, para querer saber algo, é necessário passar, diretamente, pelo processo de querer ouvir. Outro exemplo, na mesma representação de cor verde, para querer perguntar algo, é necessário querer saber desse algo. O verbo central reforça a ideia de ação, principalmente analisando aos quais possuem relação direta (dizer, ver) e indireta (dar, ficar, falar, pensar, saber e etc.).

Entendeu?

Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ser provocado a QUERER dizer, fazer, ver, dar, saber…

É isso.